BOLAVIP - Por: Bruno Loreto

O Palmeiras segue com uma postura "tímida" no mercado da bola, tendo anunciado apenas o lateral-esquerdo Matías Viña como reforço até o momento. Uma das estratégias adotadas pelo técnico Vanderlei Luxemburgo tem sido valorizar jovens jogadores e promessas para o futuro. Além daqueles revelados na base, atletas contratados para categorias inferiores também começam a ganhar espaço.

+ Palmeiras intensifica busca por reforços; Veja as posições analisadas

+ Palmeiras pode ter três desfalques para enfrentar o Mirassol

Entre eles está Luan Silva, de 20 anos, emprestado pelo Vitória. Com contrato até dezembro de 2022 com o clube baiano, o atacante está cedido ao Verdão, que tenta assegurar sua permanência, de acordo com informação do site Globoesporte.com. Mesmo sem estar à disposição para o Campeonato Paulista, o jogador tem chamado a atenção da comissão técnica de Luxemburgo.

Na última terça-feira (11), Luan Silva se destacou em um coletivo, anotando dois gols. Apesar disso, o atacante não está inscrito no Estadual de 2020, podendo ser inserido futuramente, em uma das cinco vagas que restam para o Palmeiras na lista principal. Elogiado por sua velocidade, força e finalização, o jovem tem vínculo até o final de maio e a diretoria negocia sua renovação.

Segundo revelou o Globoesporte, o Palmeiras poderá exercer a opção de compra no meio do ano e pagar 3,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 16,5 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Luan Silva. O Verdão, entretanto, tenta prorrogar o empréstimo até o final da temporada, estudando adquirir, inicialmente, uma parcela de 15% dos direitos. A posição de atacante é um dos alvos do clube, que já tentou acertos com Michael, que acabou deixando o Goiás rumo ao Flamengo, Rony, do Athletico-PR, e Marrony, do Vasco.

Já segue o Palmeiras no Instagram? Faça parte da nossa torcida!