A lesão no ligamentar no joelho esquerdo de Walce pode fazer o São Paulo pedir o retorno de um dos seus atletas emprestados. Com apenas três zagueiros à disposição, o técnico Fernando Diniz tem a opção de recorrer a uma importante cláusula no contrato de empréstimo do zagueiro Rodrigo ao Portimonense, de Portugal, para seguir com quatro opções para a defesa tricolor.

+ São Paulo deve ganhar dois 'reforços' a pedido de Diniz

+ Segundo dirigente do São Paulo, atacante assinou pré-contrato com o Corinthians

Walce rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo no último domingo, durante um jogo-treino da Seleção Brasileira sub-23 contra o Boavista, na Granja Comary. Depois de sair de maca do campo e realizar exames, o zagueiro foi cortado e ficará fora de ação por, no mínimo seis meses, o que gerou uma grande dor de cabeça ao São Paulo.

Emprestado ao Portimonense até junho deste ano, Rodrigo pode ser a solução encontrada pelo São Paulo para não deixar sua zaga desguarnecida. Arboleda e Bruno Alves são os titulares absolutos, e Anderson Martins é a primeira opção no banco de reservas. Sem Walce, o jovem de 21 anos pode retornar ao Tricolor graças a uma cláusula em seu contrato de empréstimo que garante ao clube do Morumbi o direito de repatria-lo quando julgar necessário.

Na atual temporada europeia, Rodrigo disputou 11 partidas, a maioria delas como titular, incluindo os confrontos com Porto e Benfica, principais clubes de Portugal. Acreditando no potencial do jovem defensor, a diretoria são-paulina planejava dar mais rodagem a ele em uma escola diferente de futebol, contudo, graças a uma fatalidade, sua trajetória no Velho Continente pode ser encurtada.

Fonte: Gazeta Esportiva

Já segue o São Paulo no Instagram? Faça parte da nossa torcida!