​O Santos voltou aos trabalhos na temporada de 2020 após apresentar de forma oficial o novo treinador da equipe, Jesualdo Ferreira. O português já comanda treinamentos no CT Rei Pelé. Enquanto isso, a diretoria santista vai buscando novos reforços e também analisando a situação de alguns atletas do plantel. É o caso de Bryan Ruiz, meia que não foi aproveitado em 2019.

+ Peres não descarta contratação do atacante Ricardo Quaresma

+ Bryan Ruiz vai para o time B e Santos negocia rescisão do contrato

+ Jogador de R$ 460 milhões pode pintar no time do Santos

Jorge Sampaoli tinha muitos gringos a sua disposição, e, por conta disso, nem todos os estrangeiros podiam ser relacionados nos jogos do Campeonato Brasileiro. Por conta disso, nem o costa-riquenho nem o meia Cueva eram utilizados. O presidente José Carlos Peres atualizou a situação de Bryan Ruiz, que tem um dos salários mais altos do clube santista.

“Estamos negociando para rescindir o contrato dele. Em breve devemos ter novidades sobre isso”, disse o presidente, alertando que o meia não está nos planos de Jesualdo Ferreira. O atleta de 34 anos veio em 2018 para o futebol brasileiro, após deixar o Sporting-POR. Foram 13 partidas e nenhum gol marcado. Por uma série de fatores, não atuou em 2019, mas reapresentou-se juntamente com o restante do elenco nesta quarta-feira (8).

A saída de Bryan Ruiz e do paraguaio Derlis González poderá abrir espaço para novos estrangeiros chegarem ao ​Santos. O português Ricardo Quaresma foi sondado, porém, terá que aceitar uma redução salarial para que esteja encaixado no teto do Peixe. Cueva também não esteve nos planos de Sampaoli em 2019, mas o meia relatou que gostaria de voltar a defender o Santos.

Fonte: 90min

Já segue o Santos no Instagram? Faça parte da nossa torcida!