Nesta segunda-feira (06 de janeiro), Botafogo e Diego Souza entraram em comum acordo e o jogador não permanecerá no Alvinegro para 2020. As conversas não caminharam para um desfecho convergente.

+ Montenegro confirma chegada de reforço no Botafogo

+ João Paulo fala sobre propostas para deixar o Botafogo e atuar fora do Brasil

+ Botafogo topa vender titular de Alberto Valentim e aguarda oferta



Inicialmente por contrato, ao final do vínculo de empréstimo do jogador, havia uma cláusula de renovação automática até o fim de 2021. Entretanto, clube e atleta entraram em um acordo em comum com pagamento de um valor para a rescisão.

O encerramento do vínculo com Diego Souza representa um importante alívio na folha salarial do Botafogo, que tenta enxugar ainda mais seus vencimentos antes da efetivação do clube-empresa.

Na última temporada, Diego Souza chegou ao Botafogo por empréstimo do São Paulo e marcou nove gols. Sua chegada foi bastante comemorada pela torcida, que encheu General Severiano em sua apresentação. Agora, o atleta tem portas abertas para voltar ao Sport, clube em que é ídolo e que já demonstrou interesse em sua volta.

Fonte: Fox Sports

Já segue o Botafogo no Instagram? Faça parte da nossa torcida!