O Corinthians não aumentará a proposta já entregue ao Goiás pelo meia-atacante Michael. A postura corintiana foi confirmada nesta segunda-feira (6 de janeiro) pelo diretor de futebol Duílio Monteiro Alves, durante a entrevista coletiva de apresentação do técnico Tiago Nunes.

+ Andrés revela quanto o Corinthians pagará a Ralf pela recisão de contrato

+ Palmeiras terá reunião para fechar com atacante Rony; Corinthians corre para fazer nova proposta

+ Palmeiras leva vantagem sobre o Corinthians em negócio por Rony



De acordo com o dirigente, a intenção do Corinthians é manter a oferta de 5 milhões de euros, cerca de R$ 22,6 milhões, por 50% do passe do destaque do Esmeraldino, que também interessa à outras equipes, uma delas o Flamengo.

“Fizemos proposta, pagar o valor proporcional à multa, não compraríamos os 75% do Goiás, mas os 50% por 5 milhões de euros (R$ 22,6 milhões). E oferecemos alguns atletas que pudessem interessar para a gente comprar mais percentual, 10%, ou 15%, até 25%. Tivemos uma negativa e paramos aí, a gente aguarda, entendemos que já é um valor alto, queremos tê-lo aqui, mas é preciso ter limite”, afirmou Duílio.

“Tem diversos clubes interessados, propostas maiores, mas não vamos aumentar esse número. Se o Goiás quiser vender para outro, paciência. A proposta era válida até o fim de dezembro, mas ainda temos interesse no jogador. Mas parte do Goiás se quiser fazer o negócio", completou.

Fonte: Fox Sports

Já segue o Corinthians no Instagram? Faça parte da nossa torcida!