(Foto: Reprodução da Internet)

Gustavo Scarpa continua sem treinar e dificilmente enfrentará o Santos

É bem provável que Gustavo Scarpa não esteja à disposição do técnico Luiz Felipe Scolari para enfrentar o Santos, no sábado, no Pacaembu. Como ocorreu ao longo da semana, o meia voltou a ser ausência durante o aquecimento do Palmeiras nesta quinta-feira e deve ser desfalque pelo segundo jogo seguido.

+ Palmeiras pode ganhar quantia milionária do EI se não assinar com a Globo

O camisa 14 ainda trata de lesão na perna direita. O meio-campista se machucou ao atuar por 13 minutos na vitória por 1 a 0 sobre o San Lorenzo, quando marcou gol, há oito dias. O clube não divulgou o tempo necessário para a sua recuperação.

No domingo, depois da vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, primeiro jogo de ausência de Gustavo Scarpa por conta do problema na perna direita, Felipão já tinha adiantado que dificilmente teria o jogador no fim de semana. Segundo o treinador, a recuperação tem sido mais rápida do que se espera, mas a expectativa mais otimista é de tê-lo contra o Sampaio Corrêa, na quarta-feira, no Maranhão, pela Copa do Brasil.

Como já é costume, a imprensa pôde ficar na Academia de Futebol somente durante os primeiros dez minutos da atividade desta quinta-feira. O mesmo ocorrerá também nesta sexta-feira, último trabalho do elenco antes do primeiro clássico no Campeonato Brasileiro.

Felipe Melo chegou a ser liberado do treinamento de terça-feira, o primeiro depois de o elenco passar a segunda-feira de folga, por conta de febre. Mas o volante já tinha se juntado aos colegas nessa quarta-feira e não deve ser problema para enfrentar o Santos, no fim de semana.

Além de Gustavo Scarpa, os outros ausentes são o meia-atacante Ricardo Goulart, que operou o joelho direito no começo do mês, e o atacante Willian, em trabalho de transição física depois de passar por cirurgia no joelho direito. Ambos só devem ter condições de entrar em campo no segundo semestre.

O Palmeiras lidera a competição com os mesmos dez pontos de Santos e São Paulo, mas está na frente no saldo de gols - os comandados de Felipão têm sete no quesito, contra cinco do Peixe e quatro do Tricolor.

O duelo diante do time comandado por Jorge Sampaoli está marcado para 19h de sábado. O confronto tem mando do Verdão e ocorrerá no Pacaembu porque o Allianz Parque estará à disposição da banda Los Hermanos.