(Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

Comentarista diz que Palmeiras exagera no defensivismo

O Palmeiras derrotou o Junior Barranquilla por 2 a 0 na estreia da Libertadores. Mesmo assim, o comentarista Paulo Vinicius Coelho, da FOX Sports, disse que o time poderia ter sido mais agressivo. Para ele, o Verdão exagerou no defensivismo.



“Nos primeiros vinte minutos em Barranquilla, o Palmeiras chegou a 65% de posse de bola. Havia troca de passes e de posições. Scarpa dominou do lado direito, aos dez minutos. Tocou para o centro de campo a aproximou-se. A jogada chegou até Dudu e Scarpa infiltrou-se. À frente de Dudu, estavam Goulart, Borja e Scarpa, que recebeu frente a frente com o goleiro Viera. Na virada do ponteiro para o décimo-primeiro minuto, o Palmeiras fez 1 x 0”, disse PVC.

“Até os 20 minutos, a troca de passes persistia, mas com menor efetividade. No vigésimo quinto minuto, a posse de bola já era inferior a 50%. Terminou a primeira etapa com 37%. Mas o Junior de Barranquilla apresentou símbolos de ser inofensivo. Mesmo com quatro chutes ao gol de Wéverton, é simbólico que o centroavante Teo Gutiérrez não tenha finalizado nenhuma vez e o goleiro Viera, sim. Numa cobrança de falta”, completou.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS

Mais sobre - Palmeiras