(Foto: Reprodução da Internet)

Inter chega a acordo com ex-volante e algoz do clube no atual Gauchão

Demorou onze anos, mas enfim ​Inter e Diego Gavilán, ex-volante do clube, chegaram a um acordo para colocar ponto final em uma ação que tramitava na 4ª Vara da Justiça do Trabalho, em Porto Alegre. Pelo que foi acertado, o paraguaio, que atuou no Beira-Rio entre os anos de 2003 e 2005, terá direito a receber R$ 631.772,35 - anteriormente a quantia determinada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região era de R$ 669.861,07.

A homologação do acordo ocorreu no último dia 29 e, conforme ficou determinado pelo juiz substituto Felipe Lopes Soares, Gavilán conta com a liberação imediata de R$ 34.036,10. Este valor é referente aos depósitos recursais. Assim, fica em aberto o repasse de R$ 597.736,25. Esta quantia será paga mensalmente pelo Colorado em dez parcelas fixas de R$ 59.773,62, a partir do próximo dia 25.

QUER SABER MAIS SOBRE O INTERNACIONAL? CLIQUE AQUI.

Caso o Inter não cumpra esta obrigação, Gavilán terá o direito de informar esta situação em juízo no prazo de cinco dias e, comprovado o inadimplemento de alguma parcela, será aplicada cláusula penal de 10% sobre o valor do débito em atraso. Por coincidência, o profissional agora é técnico do Pelotas e, na segunda rodada do Campeonato Gaúcho deste ano, veio ao Beira-Rio com o time da zona Sul do Rio Grande do Sul e venceu, de virada, por 2 a 1. Este jogo, aliás, deu início a uma sequência de três resultados negativos (uma derrota e dois empates) que só foi quebrada na última segunda-feira, quando a equipe vermelha bateu o Brasil de Pelotas por 1 a 0.

90min

RECEBA NOTÍCIAS DO INTERNACIONAL DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Internacional