(Foto: Reprodução da Internet)

Goulart sobre atuar como centroavante: "Deixo claro que sou meia-atacante"

O torcedor do Palmeiras que quebra a cabeça para encaixar as melhores peças em uma formação ideal da equipe por vezes coloca Ricardo Goulart como centroavante. Apresentado nesta quarta-feira, o sexto reforço alviverde do ano tentou fugir das primeiras perguntas sobre sua preferência de posição, mas acabou deixando claro que não pretende atuar como 9.

” Joguei dois anos e meio com o Felipão na China e consegui manter o nível que eu estava tendo no Cruzeiro. Já joguei pela ponta, pelo meio, de centroavante… Onde o Felipão escolher ou preferir que eu jogue, posso garantir para ele que farei meu melhor”, afirmou o atleta, inicialmente, antes de mostrar uma posição mais firme sobre o assunto.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

“Deixo claro que sempre joguei como meia-atacante. No futebol brasileiro todo mundo conhece meu futebol como meia-atacante e fui para a China assim. Durante a competição o treinador fala vai para a ponta, vai para o ataque, e eu vou. Mas deixo claro que sou meia-atacante. Se o Felipão quiser contar comigo como atacante vou fazer o meu melhor”, completou.

A ideia de ter Ricardo Goulart como centroavante ganhou força com a recente polêmica de Deyverson. O camisa 16 foi punido pela diretoria, será julgado no STJD, e pode inclusive ser negociado nos próximos dias.

Assim, Borja seria a única opção de Felipão como centroavante para a disputa do Campeonato Paulista. A lista de 26 inscritos no Estadual ainda tem uma vaga disponível e Goulart, além de Arthur Cabral, 9 de origem, são os favoritos para ocupá-la.

“Resta uma vaga, mas respeito todos os atletas que ainda podem ser inscritos. Está na mão do professor. Quem ele escolher vai estar bem representado para esta vaga”, finalizou.

Gazeta Esportiva

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Palmeiras