(Foto: Reprodução da Internet)

Abel promete controlar vaidade do elenco do Flamengo

O Flamengo terá a semana livre para se dedicar a semifinal da Taça de Guanabara, contra o Fluminense, no Maracanã. O técnico Abel Braga afirmou que a partir desta partida vai dar ritmo a equipe que considera titular.

Durante o programa “Bem Amigos”, do Sportv, Abel Braga foi questionado sobre possíveis problemas com a vaidade dos jogadores. O treinador ressaltou que vai controlar o elenco quando perceber qualquer atrito.

QUER SABER MAIS SOBRE O FLAMENGO? CLIQUE AQUI.

“Tem que controlar. Que vai surgir problema, vai surgir. Mas vai jogar aquele que eu ache que deva jogar. A autonomia do treinador. Porque é a nossa cabecinha que rola. Vamos ganhar ou perder com a nossa consciência” disse.

Abel Braga não revelou a escalação para a semifinal. As dúvidas estão concentradas na parte ofensiva, principalmente no ataque. Bruno Henrique e Gabigol estão certos, mas Arrascaeta e Uribe brigam por um lugar.

Os rubro-negros jogam pelo empate no próximo sábado, contra o Fluminense, para avançar à final do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Após ganhar a segunda-feira de folga, o elenco se reapresentou na tarde desta terça-feira, no Ninho do Urubu. Outros treinos estão programados para quarta-feira e quinta-feira na parte da tarde, e a preparação será finalizada com uma atividade pela manhã de sexta-feira.

Média de público impressiona

Com um elenco forte e grandes reforços para 2019, como De Arrascaeta, Gabigol e Bruno Henrique, o Flamengo tem impressionado com a média de público nos estádios neste início de temporada. Nos jogos como mandante no Carioca, a média é superior a 43 mil presentes.

No último domingo, contra a Cabofriense, foram 49.365 presentes no Maracanã, público que superou o clássico entre Palmeiras e Corinthians no dia anterior (38.550 presentes). No primeiro clássico do Campeonato Paulista deste ano, entre Santos e São Paulo, no Pacaembu, foram apenas 20.239 presentes.

Na rodada de estreia no Carioca, contra o Bangu, o clube alcançou a segunda melhor marca de sua história para aberturas: 46.472 pessoas assistiram a vitória de virada por 2 a 1, no Maracanã. Antes disso, só houve mais público em 1986, na única vez em que Zico e Sócrates jogaram juntos em uma partida oficial com a camisa rubro-negra, no Fla-Flu que abriu o Estadual daquele ano.

“Além do elenco forte que montamos para esta temporada, que naturalmente deixa a Nação empolgada com o desempenho da equipe, estamos trabalhando nossas estratégias de comunicação buscando otimizar cada vez mais o atendimento aos nossos torcedores”, comemorou o vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo, Gustavo Oliveira.

Gazeta Esportiva

RECEBA NOTÍCIAS DO FLAMENGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Flamengo