(Foto: Reprodução da Internet)

Carille minimiza poder financeiro de Flamengo e Palmeiras: "O Corinthians conseguiu superá-los"

Que Flamengo e Palmeiras começam mais uma temporada como grandes favoritos a todos os títulos já não é mais surpresa para ninguém, afinal, com o poder financeiro que possuem, as duas equipes também contam com dois dos melhores elencos do país. Para o técnico do Corinthians, Fabio Carille, no entanto, é possível superá-los em 2019.

Em entrevista ao jornal português “A Bola”, o treinador que retornou ao Corinthians sete meses após trocar o clube pelo futebol árabe, deu a receita para superar os rivais – no caso dele, de novo.

QUER SABER MAIS SOBRE O CORINTHIANS? CLIQUE AQUI.

“Isso, na verdade, já foi atingido e provado nos últimos dois anos. O Palmeiras é muito forte financeiramente há quatro ou cinco anos, enquanto o Flamengo vem se organizando de uns três anos para cá, tem colocado a casa em ordem. Eles já estavam melhores financeiramente em relação aos outros, mas o Corinthians conseguiu superá-los. Ganhamos na base do trabalho, da organização, do entendimento de jogo… Não é comum [um clube com menor poder financeiro superar um clube com maior poder financeiro], mas, com entrega e trabalho, é possível”, explicou Carille se referindo ao título Brasileiro de 2017 e ao Paulistão do ano passado, conquistado diante do Palmeiras e na casa do rival.

O treinador corintiano também falou sobre seu retorno ao futebol brasileiro e fez questão de garantir que a pressão é muito maior agora do que quando assumiu o clube, em 2017.

“A pressão é muito maior agora, com certeza. Mas primeiro precisamos formar um time, visto que temos novos jogadores que ainda estão conhecendo o clube. Se compararmos com as equipes de 2017 e 2018, a de 2019 é mais equilibrada, com mais disputas em todos os setores, o que é muito bom, porque isso eleva o nível dos treinos. O primeiro passo é buscar o entendimento de jogo, a melhor forma de jogar, e somente depois pensar em coisas maiores. Compreendo que a expectativa no Corinthians é sempre muito grande. Tendo em vista o meu trabalho recente aqui, sei que a expectativa criada agora é de títulos e de resultados grandes”, analisou.

Carille ainda descartou se incluir na lista dos principais treinador brasileiros da atualidade. “Não, ainda não consigo me ver assim. Estou num processo de aprendizagem para alcançar coisas maiores. Passo horas dentro do clube, buscando novos métodos de treino, dentro da minha ideia de jogo e de trabalho.”

“Vejo que tenho uma margem muito grande para aprender e crescer. Não posso estacionar, tenho mesmo muito o que aprender, principalmente na questão de gestão. Já me considero bom em várias questões, mas posso melhorar muito mais”, completou.

Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO CORINTHIANS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Corinthians