(Foto: Reprodução da Internet)

Scarpa comemora ano mais leve e com confiança maior no Palmeiras

Depois de passar 2018 sofrendo com problemas jurídicos até acertar sua rescisão com o Fluminense e também com problemas físicos, já que uma lesão no pé direito comprometeu seu segundo semestre, Gustavo Scarpa começou esta temporada mais leve. E a consequência já é vista em campo, com o meia sendo quem mais criou chances para o time nas duas primeiras partidas do Campeonato Paulista,

- Estou mais leve neste ano. Dá pra trabalhar mais leve, com mais confiança, sabendo que não tem problema extracampo rolando. Estou muito feliz porque tudo se resolveu e com todas as oportunidades que recebo. Meu ano foi bem difícil, mas, graças a Deus, acabou. Que 2019 seja mais leve, com mais títulos e mais oportunidades. Espero desempenhar um bom futebol e aproveitar as oportunidades que terei ao longo do ano.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

Se não há mais problemas jurídicos, o camisa 14 se empenhou para melhorar fisicamente. Durante suas férias, contratou por conta própria um personal trainer para, logo depois de voltar de viagem aos Estados Unidos, antecipar seus trabalhos e chegar em melhores condições para a pré-temporada. Não à toa, foi titular nos dois primeiros jogos, quando exatamente a questão física passou a ser um dos fatores mais valorizados pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

- A parte física faz bastante diferença para mim. Como lesionei em agosto, na última rodada do Brasileiro foi quando eu estava conseguindo voltar ao ápice da forma física, e acabou o campeonato. Como fiz em 2018, contratei um personal, em Campinas, que me ajudou muito. Comecei uns 15 dias antes, no meio de dezembro, e cheguei em janeiro já melhor do que em 2018. Estou feliz. É muito importante começar jogando para pegar uma certa confiança, ainda mais vencendo. Estou bem feliz.

Confira outros temas abordados por Gustavo Scarpa nesta sexta-feira:

Trio ofensivo com Scarpa, Zé Rafael e Dudu
Não é só esse trio. Outros jogadores de meio, como Lucas Lima e Moisés, têm bastante função função do meio para frente. É um grupo muito qualificado, com grandes jogadores, e ainda com o Guerra e o Raphael Veiga, voltando. Independentemente de quem for jogar aberto ou pelo meio, o Palmeiras está bem servido. Esperamos ter a oportunidade de fazer o melhor possível e correr atrás do melhor para o Palmeiras.

Pedidos de Felipão
Ele já me utilizou em algumas posições, aberto pela direita ou pela esquerda e, no último jogo, mais centralizado, quando me pediu bastante movimentação e dinâmica de jogo, para fazer o time rodar. Acho que deu certo. Mas não tenho preferência por posição. Se eu estiver jogando, está ótimo.

Vitória sobre o Botafogo-SP
Fizemos um excelente primeiro tempo, caímos de rendimento no segundo tempo, mas nada alarmante. Fizemos uma boa partida, conseguimos a vitória. Independentemente de quem jogue, que o time tenha uma boa sequência e brigue por títulos.

Queda no segundo tempo
Jogamos contra equipes qualificadas, independentemente de serem consideradas menores ou não. É normal, durante as partidas, que as duas equipes tenham momentos melhores no jogo. O nosso foi no primeiro tempo e no começo do segundo. E não é só por demérito do Palmeiras. O Botafogo tem um time bom, só que entraram no jogo um pouco tarde.

Lance

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Palmeiras