(Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

Zé Rafael coloca o nervosismo como principal dificuldade na estreia com a camisa do Palmeiras

O duelo entre Palmeiras e Botafogo nesta quarta-feira (23) serviu de laboratório para o técnico Felipão testar algumas peças neste início de temporada. Como prometido, o rodízio se presente. Além de Carlos Eduardo, que entrou na segunda etapa, a novidade inicial no elenco alviverde para iniciar a partida foi o meia Zé Rafael.

Contratado nesta janela de transferência, o jogador encarou o nervosismo como o principal desafio no triunfo do Verdão sobre o Tricolor do interior, mas analisou de forma positiva o desempenho dentro das quatro linhas.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

Escolhido para ser titular, Zé Rafael começou a partida participando ativamente das jogadas, contudo acabou caindo de produção ao decorrer do jogo no Allianz Parque.

– Acho que foi um bom jogo, acabei sentindo um pouquinho esse primeiro jogo, a estreia, o nervosismo… Mas acho que foi um primeiro tempo muito bom, acho que a nossa equipe dominou, com volume de jogo, chances de gol. Acho que foi uma estreia boa, até pela vitória, acho que a gente merecia fazer um bom jogo em casa para ganhar confiança, ganhar corpo – declarou o meia na saída de campo.

Confiante, Zé Rafael acredita que as próximas partidas serão mais tranquilas neste sentido e, que o entrosamento com o companheiros vai ser o fiel da balança para seu rendimento ser o ideal no Verdão.

– Fiz uma partida bem segura, bem regular, vou ganhando confiança aos poucos, para poder arriscar as jogadas individuais, que é o meu forte. Então com o tempo vou ganhando confiança, ganhado corpo, vou conhecendo melhor os companheiros, acho que meu jogo vai crescer e fluir melhor – finalizou o meio-campista alviverde.

Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Palmeiras