(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

De saída? Jogadores do Atlético estão com os dias contados

Patric e Elias, atletas do Atlético, os dois criticados pelos torcedores, com histórias no mundo do futebol completamente diferentes e tratamentos distintos dentro do Galo.

Isso porque Patric, no início de janeiro, teve seu contrato renovado mais uma vez, até dezembro de 2020. Se cumprir o vínculo até o fim, Patric chegará à marca histórica de 10 anos vestindo a camisa do Atlético, mesmo sendo um dos atletas mais criticados pelo torcedor.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

Por outro lado, Elias, que também não conta com 100% da confiança da torcida, embora tenha feito um resto de Campeonato Brasileiro bom, não teve a mesma sorte – ou tratamento.

O jogador, representado pelo seu pai, Eliseu Trindade, reuniu com o clube, mas recebeu apenas respostas negativas para as perguntas. A primeira era sobre a renovação de contrato. O Galo disse não pretender estender o vínculo com o jogador. Foi à terceira tentativa, por parte do jogador, de entendimento com o clube, mas o trio de encontros não resolveu.

Além de não ter seu contrato renovado, o Atlético informou ainda que não liberará Elias para o Internacional. O jogador já tem bases salariais e tempo de contrato estabelecidos com o Colorado, mas depende do Galo para se mudar de Belo Horizonte para o Rio Grande do Sul.

Elias não está contente. O problema não é o clube, mas sim as pessoas que o comandam. No encontro dessa segunda-feira, por exemplo, Sérgio Sette Câmara, presidente do Galo, não foi, mandou o advogado Lucas Ottoni e o diretor de futebol Marques.

Gazeta Esportiva

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Atlético-MG