(Foto: Reprodução da Internet)

Da quase saída à renovação, Thiago Neves encaminha recorde pelo Cruzeiro

Há exatos dois anos, no dia 16 de janeiro de 2017, Thiago Neves era recebido com grande festa no Aeroporto de Confins. Contratado junto ao Al-Hilal, o meia chegou ao ​Cruzeiro com status de grande estrela, trazendo euforia aos torcedores celestes, ansiosos por uma nova era de títulos na Toca. Como a história mostra, tal expectativa se concretizou.

​​Como destaca o ​Globoesporte, a chegada do camisa 30 foi um dos fatores importantes para o time celeste se recolocar no rol dos candidatos aos títulos nacionais, com em 2013/14, quando a equipe sagrou-se bicampeã brasileira. Desta vez, porém, o bicampeonato veio em outra competição do calendário: a Copa do Brasil, vencida pela Raposa em 2017/18.

QUER SABER MAIS SOBRE O CRUZEIRO? CLIQUE AQUI.

Thiago teve papel relevante nas duas conquistas, sendo também protagonista no título mineiro do ano passado. São três troféus relevantes desde que desembarcou em Minas Gerais, e a esperança de novas glórias futuras a partir de sua renovação contratual, ​sacramentada na última semana. O 'fico' foi cercado de mistério e de uma quase saída ao Grêmio, clube que batalhou bastante por sua contratação.

Com vínculo permanente até 2020, podendo ser esticado por mais uma temporada ao final do mesmo, o camisa 30 caminha para construir, na Toca da Raposa, a passagem mais longa de sua carreira por um clube. Pelo Fluminense foram três passagens espaçadas, todas com duração inferior a dois anos. No Cruzeiro, já são dois anos ininterruptos, que podem chegar a cinco ao final de 2021.

90min

RECEBA NOTÍCIAS DO CRUZEIRO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Cruzeiro