(Foto: Reprodução da Internet)

Por motivos clínicos, Galo pode ter duas baixas para estreia na Libertadores

No próximo domingo (20), o Atlético-MG faz sua estreia oficial na temporada, ao enfrentar o Boa Esporte pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. No entanto, não é segredo que as maiores atenções do grupo alvinegro estão voltadas à primeira semana de fevereiro, quando o Galo entra em campo pela fase prévia da Copa Libertadores, ​contra o Danubio.

​​Apesar de bem reforçado nesta janela, o Galo tem preocupações específicas para a partida contra o rival uruguaio, relativas às condições clínicas de dois importantes jogadores do elenco. Como noticia o ​Globoesporte, o volante Gustavo Blanco e o zagueiro Leonardo Silva estão em transição do departamento médico para a preparação física, e dificilmente terão condições de jogo na primeira semana de fevereiro.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

"Ainda é cedo para falar, porque eles estão na fase final da transição física. É quando o atleta já está praticamente liberado do departamento médico e começa a intensificar os trabalhos físicos e os trabalhos que se aproximam do esporte, do futebol. Estão nesta fase final. Acredito que, para o primeiro jogo da Libertadores, talvez seja um pouco cedo, um pouco recente para os dois atletas. Talvez para o jogo da volta, sim", afirmou Luis Otávio Kalil, preparador físico.

Enquanto o volante se recupera de uma grave lesão ligamentar no joelho - tendo passado, inclusive, por procedimento cirúrgico -, Leo Silva volta de contusão muscular sofrida na última rodada do Brasileirão. Devido a sua idade avançada (39 anos), sua recuperação tem sido mais lenta se comparada ao processo 'natural' para jogadores mais jovens.

O Galo estreia na pré-Libertadores em Montevidéu, contra o Danubio, no dia 5 de fevereiro. A volta será no dia 12, no Independência.

90min

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Atlético-MG