(Foto: Reprodução da Internet)

Se não tem tu...Vasco pode usar destaques da Copinha para completar grupo

O ​Vasco queria o atacante Rossi, mas não teve sucesso na negociação através da qual tentava uma liberação sem custos por parte do Shenzen da, China. O clube também procurou o volante Jhonny Lucas, porém o jogador que defendeu o Paraná no último Campeonato Brasileiro tem a Europa como destino. Por isso, a comissão técnicas se volta para as categorias de base no intuito de completar o grupo.

Paulo César Gusmão, coordenador de futebol, e Carlos Germano, que dá as diretrizes na preparação de goleiros, acompanham in loco a Copa São Paulo de Futebol Júnior. E é possível dizer que alguns nomes já despertaram a atenção da dupla. O meia Lucas Santos, o centroavante Tiago Reis e o volante Caio Lopes são avaliados como promissores e podem pintar rapidamente entre os profissionais. Inclusive, o trio tem nova chance de mostrar bom futebol nesta segunda-feira (17h30min), quando o time encara o Mantiqueira, em Guaratinguetá, pela terceira fase da Copinha.

QUER SABER MAIS SOBRE O VASCO? CLIQUE AQUI.

Até o momento, o Vasco foi o clube do Rio de Janeiro que mais contratou. Já chegaram os meias Bruno César e Yan Sasse, os volantes Fellipe Bastos e Lucas Mineiro, o atacante Ribamar e os laterais Danilo Barcelos, Raúl Cáceres e Cláudio Winck. Se ainda pensa em ter Rossi, terá que desembolsar cerca de R$ 1,8 milhão pelo empréstimo de um ano. Já o negócio com Jhonny Lucas envolveria, a princípio, a compra de 100% dos direitos econômicos. Sem dinheiro, a direção acabou recuando nas tratativas.

90min

RECEBA NOTÍCIAS DO VASCO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Vasco da Gama