(Foto: Reprodução da Internet)

Quem joga? Reforço do Grêmio aumenta disputa por titularidade no ataque

Maior preocupação do ​Grêmio na última temporada, a referência ofensiva continua sendo uma incógnita neste começo de 2019. A busca pela contratação de Felipe Vizeu, contratado via empréstimo junto à Udinese-ITA, ​evidenciou a insatisfação da comissão técnica com as opções caseiras, mas ainda não há garantias de que o recém-chegado será titular.

Como destaca o ​UOL Esportes, a chegada do ex-Flamengo recria a antiga disputa tripla que existia na posição, quando o elenco tricolor contava com André, Jael e Brocador. No entanto, diferentemente do que a comissão técnica imaginava à época, a briga por posição foi nivelada por baixo, já que nenhum dos três centroavantes rendeu próximo do esperado.

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

Contratado em fevereiro de 2018, Brocador jamais foi sombra para André e Jael - mesmo com ambos oscilando demais -, e acabou retornando precocemente ao Sport. Os outros dois revezaram na titularidade ao longo de toda a temporada, mas nem o camisa 9, e nem o 90, trouxeram os gols e a segurança na referência ofensiva tricolor.

Com ambos em baixa, Felipe Vizeu chega com moral elevado e status de potencial titular, mas seus números em sua curta passagem pelo futebol italiano também não são muito animadores, apesar da curtíssima amostragem. Mais móvel em relação aos seus concorrentes, o jovem tem sido elogiado por seu posicionamento e recursos com o pé esquerdo. Será que a solução para o comando do ataque foi encontrada? Só o tempo dirá.

90min

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Grêmio