(Foto: Reprodução da Internet)

Diretor do Cruzeiro revela detalhes da 'quase troca' envolvendo Luan e Thiago Neves

Pelo peso dos nomes envolvidos, uma troca que não aconteceu se consolidou como uma das principais negociações da atual janela de transferências. ​Cruzeiro e ​Grêmio quase costuraram uma transação que levaria Thiago Neves ao Tricolor Gaúcho e Luan à Toca da Raposa, mas detalhes acabaram travando o acerto.

​​Em franca entrevista concedida ao ​Globoesporte, o vice-presidente de futebol da Raposa, Itair Machado, revelou os pormenores e bastidores da negociação. De acordo com o dirigente, o desejo de Thiago Neves por um vínculo longo de três temporadas, oferecido pelo clube do Sul do país, foi o pontapé inicial para abertura das negociações. O mandatário ainda fez questão de elogiar a postura das diretorias e envolvidos, pela ética nas tratativas.

"Eu conversei com o procurador do Thiago. Ele falou: "Itair, se for bom para o Thiago Neves, como você não quer renovar por mais três anos, e o Grêmio der três anos, podemos ir sim. Podemos pensar". Diante disso tudo, fomos para São Paulo, reunimos com o pessoal do Grêmio. O Grêmio autorizou o Cruzeiro a entrar em contato com o Luan, e eu autorizei eles entrarem em contato com os atletas do Cruzeiro", contou.

Se tudo parecia alinhado entre as partes, qual foi o motivo para a troca não ser sacramentada? Nas palavras de Itair Machado, Luan tinha outro objetivo de carreira para esta janela de transferências, e acabou freando as negociações. O camisa 7 gremista e seus representantes estavam na expectativa de uma proposta da China, que acabou não chegando.

"Quando o Grêmio quis, o Cruzeiro quis, o empresário quis esperar a proposta da China, a pedido do atleta (...) Aí depois, o procurador do Luan, que não sabia que o Grêmio já tinha retirado a proposta para o Cruzeiro da troca, me ligou: “Itair, agora está definido, não veio proposta da China, o Luan quer ir para o Cruzeiro". Então, se perdeu no timing", contou.

No fim das contas, o camisa 30 celeste acabou renovando seu contrato até 2020, com possibilidade de extensão por mais uma temporada.

90min



Últimas