(Foto: Reprodução da Internet)

Chegou chegando! "Revolução" de Diniz é elogiada nos bastidores do Flu

Intensidade física, debate de ideias e variação tática. Antes de fechar com um técnico para 2019, o diretor de futebol Paulo Angioni havia dito que o profissional contratado para dirigir o ​Fluminense teria que se enquadrar nestas três diretrizes. Pois, ao que tudo indica, Fernando Diniz se encaixou perfeitamente. Ao menos na pré-temporada ele vem cumprindo à risca estas premissas.

Conhecido por ter métodos de trabalho pouco convencionais e até mesmo revolucionários, o treinador já começa a mudar o estilo de jogo do Flu. Como destaca o ​Uol, por ser alguém “obcecado por tática”, ele promove constantes variações de posicionamento dos atletas. Se às vezes tudo parece um “caos”, isso é feito de forma proposital, tanto é que dirigentes e jogadores se mostram impressionados com Diniz e qualificam o dia a dia de treinos como “diferente de tudo”.

QUER SABER MAIS SOBRE O FLUMINENSE? CLIQUE AQUI.

A ideia de ocupar espaços e manter o protagonismo das ações na maior parte do tempo é algo cobrado de forma incessante. Aliás, o domínio da bola e o raciocínio rápido com ela nos pés é visto como algo fundamental para o prosseguimento das ações. Com isso, o técnico entende que terá uma equipe capaz de surpreender os rivais na hora da tomada de decisão. Fora das quatro linhas, embora ele mesmo tenha admitido que precisava evoluir no aspecto da gestão de pessoas (era visto, por onde passou, como alguém de difícil relacionamento e que não conseguia manter o grupo focado em dar o melhor), o bom trato no convívio diário com atletas e funcionários tem sido, também, bastante elogiado. No próximo sábado, o Tricolor estreia no Campeonato Carioca enfrentando o Volta Redonda.

90min

RECEBA NOTÍCIAS DO FLUMINENSE DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Fluminense