(Foto: Reprodução da Internet)

Contratação de Igor Rabello muda status de 'setor problema' no Galo em 2018

Pouco sólida nas últimas temporadas, a defesa do ​Atlético-MG tem sofrido com os questionamentos de seu torcedor. Mesmo terminando a competição com a sexta posição, o sistema defensivo do Galo foi um dos mais vazados ao longo do Brasileirão de 2018. Tal fragilidade foi assimilada pelo departamento de futebol alvinegro, que tratou de reforçar o setor na atual janela de transferências.

​​Como destaca o ​Globoesporte, além das chegadas do lateral Guga, do volante Jair e do experiente zagueiro Réver - campeão da Libertadores pelo Galo em 2013 -, o clube mineiro oficializou a contratação de Igor Rabello na última sexta-feira (4). Todos os reforços estão ligados ao sistema defensivo e prometem agregar bastante ao elenco de Levir Culpi, mas o acerto com o defensor ex-Botafogo foi o grande movimento do clube até aqui.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

Aos 23 anos, Igor Rabello traz juventude e rejuvenescimento à defesa atleticana, mas engana-se quem pensa que o zagueiro é pouco experimentado. São três temporadas como profissional, todas em alto nível, principalmente nos dois últimos anos pelo Glorioso (2017/18). Além de tecnicamente diferenciado e vigoroso, o zagueiro é um líder nato apesar da pouca idade, características sempre bem-vindas a clubes de massa.

Para a pré-temporada atleticana, Levir Culpi conta com seis zagueiros no grupo: Léo Silva, Iago Maidana, Réver, Igor Rabello, Matheus Mancini e Matheus Stockl. O período de treinamentos será importante para criar entrosamento à dupla escolhida pelo comandante. Vale lembrar que Léo Silva se aposenta ao final do Estadual, portanto, é improvável que seja mantido no time titular. Com opções de qualidade à disposição, 2019 promete uma reviravolta para o questionado sistema defensivo mineiro.

90min

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Atlético-MG