(Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)

Maxi López revela desejo de um dia poder enfrentar Dedé: "Muito completo"

Com grandes clubes no currículo, a exemplo de River Plate, Milan e Barcelona, o atacante Maxi López aceitou o desafio de voltar ao futebol brasileiro, após passagem curta pelo Grêmio em 2009, e agora veste as cores do Vasco. Destaque do Cruzmaltino na temporada, com sete gols marcados até aqui no Brasileirão, o argentino tem sido o grande trunfo dos cariocas na briga contra o Z-4.

Aos 34 anos, o ‘Trator’ – como foi carinhosamente apelidado pela torcida vascaína – tem experiência de sobra quando o assunto é enfrentar zagueiros de renome dentro das quatros linhas. E não foram poucos. Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, Maxi revelou quem, dessa extensa lista, considera que foram os mais difíceis que encarou.

QUER SABER MAIS SOBRE O VASCO? CLIQUE AQUI.

“Joguei contra Rio Ferdinand, que era um cara duro, difícil. John Terry também, era muito chato. Schiavi, também, no Boca. Nos clássicos na Argentina ele era um defensor muito duro. Wálter Samuel, argentino também, joguei contra ele na Itália. Eu acho que esses defensores, foi bem difícil jogar contra eles”, afirmou o atacante.

O argentino, porém, não se limitou a lembrar dos grandes zagueiros que enfrentou no exterior e também revelou o desejo de enfrentar um brasileiro, que ainda não teve a oportunidade de jogar contra, nessa sua segunda passagem pelo futebol brasileiro: Dedé, do Cruzeiro.

“Ainda não joguei contra ele, mas gostaria de enfrenta-lo no futuro. É o Dedé, do Cruzeiro. Pelo que vejo, é um cara muito completo, difícil, duro. Acho que no futuro, certamente, jogaremos alguma partida contra”, completou.

Conteúdo publicado originalmente no site www.FoxSports.com.br

RECEBA NOTÍCIAS DO VASCO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Vasco da Gama