(Foto: Reprodução da Internet)

Timão tem queda brusca em clássicos na relação com a temporada passada

O ​Corinthians entrará em campo no próximo sábado para a disputa de seu último clássico na temporada. Em Itaquera, receberá o São Paulo na tentativa de encaminhar de vez a fuga do rebaixamento - no momento, o clube ocupa a 12ª colocação do Campeonato Brasileiro com 39 pontos, cinco a mais que o Vitória, primeiro integrante do Z-4. No entanto, independentemente do resultado, uma coisa é fato: o clube encerrará 2018 com um aproveitamento bem inferior, em relação ao ano passado, em duelos com seus três grandes rivais estaduais.

Até aqui, foram doze enfrentamentos, com cinco vitórias, cinco derrotas e dois empates. Ou seja, o Timão conquistou 47,2% dos pontos em disputa. Caso vença no final de semana, alcançará 51% - se perder, este dado cairá para 43,5% e, em caso de empate, ficará em 46,1%. Diante do Palmeiras, foram três vitórias e duas derrotas, mas o saldo acaba sendo positivo pelo fato de o título paulista ter sido conquistado, nos pênaltis, em cima do Verdão - nos duelos finais, houve um triunfo para cada lado. Frente ao São Paulo, o Corinthians soma duas vitórias e duas derrotas - o eliminou na semifinal do regional, também, nos tiros livres. Contra o Santos, são dois empates e uma derrota ao longo dos últimos meses.

QUER SABER MAIS SOBRE O CORINTHIANS? CLIQUE AQUI.

O último resultado positivo foi o 1 a 0 no Palmeiras, no dia 13 maio, já pelo Nacional. Dali em diante, o time somou um empate e três derrotas. Em 2017, quando o Timão também conquistou o Paulistão e, de quebra, levou a taça do Brasileirão, o clube foi o que teve melhor desempenho em clássicos, com 73% de aproveitamento. Foram sete vitórias, três empates e apenas uma derrota - esta aconteceu para o Peixe, na Vila.

Conteúdo publicado originalmente no site www.90min.com

RECEBA NOTÍCIAS DO CORINTHIANS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Corinthians