(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

Levir Culpi ganha carta branca e fará reformulação no Atlético-MG

Levir Culpi diz não conhecer o elenco do Atlético-MG em suas entrevistas. No entanto, já deixou claro que haverá mudanças em 2019. Com carta branca concedida pela diretoria em sua contratação, o técnico não está satisfeito com o grupo que tem em mãos e já estuda a chegada de alguns reforços à Cidade do Galo.

O primeiro objetivo de Levir Culpi é ficar entre os seis primeiros colocados do Campeonato Brasileiro e assegurar um orçamento um pouco mais elevado para a próxima temporada. A partir daí, planeja mudanças em todos os setores do plantel.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

Nos bastidores do clube, já se sabe o que é necessário contratar para agradar ao comandante. Levir gostaria de receber zagueiros, um atleta para o setor de criação e atacantes de lado de campo. Os alvos dependem do orçamento destinado às contratações em 2019.

Todas essas discussões se iniciaram ainda em Curitiba, no dia em que Levir Culpi aceitou substituir Thiago Larghi como treinador do Galo. As primeiras conversas foram em uma reunião com o mandatário do clube, Sergio Sette Câmara, e o vice-presidente, Lásaro Cândido Cunha. Na ocasião, porém, o treinador pediu tempo para conhecer o plantel de forma mais profunda.

Há pouco mais de três semanas no cargo, o treinador já se vê mais preparado para alterar as peças pensando em 2019. Há até o descontentamento com parte do grupo.

A insatisfação de Levir é específica com alguns atletas. O treinador evita citar nomes, mas aponta o caminho paradoxal percorrido por ele, recém-contratado pelo clube para substituir Thiago Larghi, e por jogadores que estão perto de deixar a Cidade do Galo.

"É um momento de desequilíbrio. Não estamos todos pensando a mesma coisa. Eu estou chegando e estou super motivado. Mas tem jogadores que já estão saindo. E o Atlético precisa vencer para ir para a Libertadores. Pela qualidade que tem, está rendendo abaixo. Mas não tem um conjunto tão legal assim", disse após o revés para o Grêmio por 1 a 0 em plena Arena Independência.

A derrota do último sábado (3) marcou a terceira partida de Levir Culpi à frente do time. A atuação acarretou em uma bronca do comandante ao fim do duelo. Acompanhado do diretor de futebol interino, Marques, que também cobrou melhora dos jogadores, o técnico exigiu uma melhora imediata.

"Estamos todos desapontados com o desempenho do Atlético. Os jogadores se reuniram [no vestiário após o jogo], com a promessa de darem tudo o que podem no próximo jogo [contra o Palmeiras]. Não tem ninguém conformado. O torcedor pode ficar tranquilo a este respeito", afirmou.

Conteúdo publicado originalmente no site www.Esporte.UOL.com.br

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Atlético-MG