(Foto: Reprodução da Internet)

Grêmio escreve 'sem valor' no centro do ofício e devolve documento de fair play à Conmebol

O Grêmio encontrou uma maneira de fazer o seu protesto junto à Conmebol. Em entrevista ao Globoesporte.com, o presidente Romildo Bolzan revelou que o clube devolveu o documento de fair play destinado aos semifinalistas com a seguinte mensagem: “Sem valor”.

Esse documento foi assinado por representantes das diretorias de Palmeiras, Boca Juniors, River Plate e Grêmio antes do início da fase prévia à final. O ofício previa situações como “fair play”, “jogo limpo” e respeito ao regulamento.

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

Justamente por conta desse documento, o Grêmio entende que o River Plate não cumpriu com a sua assinatura através do ato do técnico Marcelo Gallardo. Suspenso no jogo da Arena, ele desceu ao vestiário para conversar com seus jogadores e também foi visto utilizando um aparelho comunicador.

O repórter Eduardo Moura, do GE, registrou no Twitter a imagem do presidente segurando o documento devolvido:




No último sábado, após dois dias de um arrastado julgamento, a Conmebol decidiu que manteria o River Plate como finalista da Libertadores apesar do recurso apresentado pelo Grêmio. A final terá o superclássico argentino contra o Boca Juniors, que bateu o Palmeiras.

Conteúdo publicado originalmente no site www.Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Grêmio