(Foto: Cesar Greco / Palmeiras)

Em momento político, Paulo Nobre 'reaparece' e volta a ativa após dois anos afastado do Palmeiras

Após exercer os dois mandatos como presidente do Palmeiras, Paulo Nobre deixou o cargo no final de 2016 como todo mandatário gostaria de deixar: uma sequência de dois títulos nacionais e um aliado político como sucessor, no caso, Maurício Galiotte, que era seu vice-presidente. Meses depois, a situação se mostrou completamente diferente do esperado e até, talvez, planejado.

Devido ao apoio de Galiotte a candidatura de Leila Pereira, donas das patrocinadoras do clube, ao conselho, Nobre rompeu relações com o presidente palmeirense, retomou a carreira como piloto de rally e, desde então, se afastou completamente do clube.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

Nas últimas semanas, porém, em meio ao momento político que vive o clube às vésperas da eleição presidencial, Paulo Nobre reapareceu e começou a usar seu perfil no Twitter para se comunicar com a torcida e, principalmente, com os sócios que vão decidir o futuro do Palmeiras no final do mês.

Com posts de apoio à chapa da oposição, que tem Genaro Marino como candidato, e ataques e alfinetadas em Maurício Galiotte, que tenta a reeleição, e Leila Pereira, Nobre divide opiniões.

Puxando por posts um pouco mais antigos, Nobre aproveitou a publicação desejando parabéns ao Palmeiras, em agosto, para alfinetar Leila Pereira.




Depois de algumas publicações relembrando datas e fatos históricos do Palmeiras, Nobre retomou sua influência política na última semana e declarou seu apoio a Genaro Marino nesta eleição presidencial.




Após a eliminação para o Boca Juniors, na semifinal da Libertadores, um novo post. Além de pedir reação do time e que a torcida siga acreditando e apoiando a equipe na reta final do Brasileirão, o ex-presidente palmeirense voltou a alfinetar Galiotte e Leila Pereira.




Leila Pereira chegou a contra-atacar com um vídeo em seu Instagram. “Cuidado com esses oportunistas que utilizam de uns tropeços para se aproveitarem, ainda mais nesses momentos políticos. Cuidado com essa gente, não confie nessa gente. Eles, na verdade, não são palmeirenses“, disse a conselheira. Depois disso, Nobre tentou amenizar a situação.




Na última publicação, nesta terça-feira (6), Paulo Nobre voltou a manifestar seu apoio político a Genaro Marino e, claro, não perdeu a oportunidade de cutucar seus antigos desafetos.










Conteúdo publicado originalmente no site www.Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Palmeiras