(Foto: Reprodução da Internet)

Destaque no BR, Deyverson preocupa Felipão e pode ser baixa em reta final

A volta por cima de Deyverson tem sido um dos grandes acertos da gestão de Luiz Felipe Scolari à frente do Palmeiras. O jogador, que passou todo o primeiro semestre sem fazer um gol e era vaiado pela própria torcida, virou "xodó" do novo treinador e se transformou em um dos atletas mais importantes para o funcionamento do time. Mas se dentro de campo as coisas têm funcionado, o temperamento do centroavante preocupa Felipão e pode tirá-lo até da reta final do Brasileirão.

Deyverson aguarda julgamento no STJD pela expulsão contra o Ceará, quando recebeu cartão vermelho direto por dar uma solada na barriga de Richardson. A sessão já deveria ter ocorrido na última segunda-feira (5), mas foi adiada a pedido do clube nordestino e ainda não tem data definida para acontecer. A pena vai de um a seis jogos, mas como o palmeirense é reincidente – já levou dois jogos de gancho em agosto pelo mesmo motivo, jogada violenta, após expulsão contra o Bahia na Copa do Brasil – é possível que o tribunal aplique uma punição mais severa.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

O caso é mais uma mostra de como a personalidade de Deyverson tem causado dor de cabeça a Felipão. O treinador chegou a afirmar após o jogo contra o Santos, no qual o atacante se envolveu em confusão ao comemorar a vitória no final, que o jogador tem uma "chavezinha que não funciona" e até pediu à imprensa que evitasse entrevistá-lo, cogitando até proibir todo o elenco de falar para evitar que o camisa 16 dê declarações polêmicas.

Jogador muito querido dentro do clube, Deyverson tem colecionado controvérsias nos últimos meses. Mais de uma vez já foi acusado por adversários de fazer provocações desrespeitosas, e acabou expulso também na Libertadores, contra o Cerro Porteño, ao fazer gestos para a torcida e se envolver em confusão com o time paraguaio. O diretor de futebol Alexandre Mattos já disse que o atacante às vezes "exagera" porque foi muito cobrado quando estava em má fase, e acaba extravasando agora que as coisas estão dando certo.

Os problemas causados pela indisciplina do atleta contrastam com o ótimo rendimento dentro de campo. Desde a chegada de Felipão, Deyverson já marcou sete gols e foi peça fundamental da arrancada alviverde rumo à liderança do Campeonato Brasileiro. Chegou até mesmo a barrar Borja, artilheiro da Libertadores, no jogo decisivo da semifinal contra o Boca Juniors, que terminou com empate por 2 a 2 e classificação do time argentino.

Com o julgamento adiado, Deyverson está à disposição de Felipão para a próxima rodada, diante do Atlético-MG, domingo (11), em Belo Horizonte. E o Palmeiras estará novamente na torcida para que ele continue a jogar bem e aprenda finalmente a conter os ânimos.

Conteúdo publicado originalmente no site www.Esporte.UOL.com.br

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Palmeiras