(Foto: Reprodução da Internet)

Há treze anos o Corinthians aplicou a sonora goleada de 7 a 1 no Santos: relembre os gols

Há exatos 13 anos, na tarde de seis de novembro de 2005, o Corinthians goleou o rival Santos pelo impiedoso placar de 7 a 1.

Corinthians e Santos se enfrentarão no Pacaembu numa tarde de domingo do dia seis de novembro de 2005 pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

QUER SABER MAIS SOBRE O CORINTHIANS? CLIQUE AQUI.

O Corinthians entrou em campo como favorito, pois estava na ponta da tabela e uma vitória frente ao time da Vila garantia uma vaga na Libertadores da América do ano seguinte para o alvinegro de Parque São Jorge.

O Corinthians contava com um elenco milionário, que tinha como destaques os argentinos Mascherano e Tevez, além de nomes como Nilmar, Roger Flores e Carlos Alberto. O Santos, campeão nacional do ano anterior tinha como grande nome o meia Giovanni, mas o time não engrenava naquela temporada.

O jogo

Com o apoio de mais de 21.000 torcedores, o timão partiu para cima do peixe e a superioridade corintiana ficou evidente no gramado, logo no primeiro minuto de jogo o meia Rosinei abriu o placar para delírio da fiel.

O time da Vila Belmiro esboçou uma reação ao empatar com o gol marcado por Geílson aos oito minutos de jogo. Entretanto, o argentino Tévez aos 19 minutos marcou seu primeiro gol da tarde, colocando o timão novamente à frente do placar.

Aos 37 minutos novamente Tévez balançou às redes, fazendo o terceiro do alvinegro paulista.O primeiro tempo acabou desta forma: Corinthians 3 X 1 Santos.

O segundo tempo seguiu com o Corinthians comandado as ações de ataque e após bonita tabela entre Tévez e Nilmar, aos nove minutos, o argentino bateu de fora da área para escrever a goleada corintiana. O Santos sentiu o golpe e aquela altura já com um jogador a menos, após a expulsão de Rogério aos seis minutos virou presa fácil.

Aos 17 minutos foi a vez de Carlos Alberto bater forte para o gol do goleiro Saulo, que rebateu nos pés de Nilmar, este apenas empurrou para dentro do gol santista. Com sede de gols o mosqueteiro de Parque São Jorge continuou o massacre. O sexto gol veio após o atacante Jô, que substituíra Tévez, cruzar para Nilmar que de cabeça fez seu segundo gol na partida.

Aos 45 minutos do segundo tempo Marcelo Mattos em grande cobrança de falta fez o último gol do massacre corintiano.

Reveja os gols da grande goleada do Corinthians



Conteúdo publicado originalmente no site www.Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO CORINTHIANS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Corinthians