(Foto: Reprodução da Internet)

Galvão Bueno critica Felipão por atitude após clássico: "Não dá pra mandar ninguém para o inferno"

O clima de amizade entre os rivais Tiago Alves, do Ceará, e Hernane, do Sport, destacado pelo comentarista Arnaldo Cezar Coelho durante o “Bem, Amigos”, na noite de segunda-feira, foi a deixa para o apresentador Galvão Bueno criticar o técnico Felipão, que após o clássico entre Palmeiras x Santos, impediu o atacante Deyverson de dar continuidade a entrevista ainda no gramado ao repórter do SporTV, Marco Aurélio Souza.

“Isso é esporte. É o que a gente diz sempre, o que a gente pede, que não exista violência no estádio e entre os jogadores, que técnico nenhum mande os outros pro inferno… Não é, Felipão?”, afirmou Galvão.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

“A gente pode entender o seu momento, mas não tem que virar pro repórter e dizer ‘vai pro inferno!’. E depois dizer: ‘se vocês não me ajudarem, porque meu jogador tem uma chavinha fora do lugar… eu peço ajuda’. O jornalista não tem que ajudar ninguém. Ele está lá para fazer a entrevista dele, buscar a notícia, pra bem informar o seu telespectador, o seu ouvinte, o seu leitor”, continuou o narrador e apresentador.

Contudo, logo em seguida Galvão elogiou o técnico palmeirense que entrevista coletiva reconheceu que houve exagero na atitude e aproveitou para desejar feliz aniversário ao palmeirense, que na próxima sexta (9) completa 70 anos de idade.

Antes de encerrar o assunto, Galvão voltou a defender Marco Aurélio e destacou que o jornalista não estava fazendo nenhum questionamento polêmico ao atacante Deyverson, que após o apito final irritou os santistas com provocações.

“Ele não estava perguntando porque reclamaram dele, qual era a dancinha e tudo mais… Ele estava fazendo uma pergunta sobre o jogo. Aí o Felipão passou reto, tirando ele e mandando ir pro inferno. Não é assim”, concluiu.

Conteúdo publicado originalmente no site www.Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Palmeiras