(Foto: Reprodução da Internet)

Cinco personalidades da bola que ficaram ao lado do Grêmio no caso Conmebol

Antes, durante e depois do julgamento realizado pela Conmebol, que negou o recurso de reversão de pontos, o Grêmio recebeu apoio de todas as partes do mundo da bola. Jornalistas e ex-jogadores se uniram em prol da causa do tricolor, que acabou ficando sem a vaga à final da Libertadores apesar de todo o esforço jurídico de sua direção.

Selecionamos abaixo cinco personalidades da bola que se manifestaram publicamente a favor da causa apresentada pelo Grêmio junto à entidade:

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

Galvão Bueno – narrador da Rede Globo e apresentador do SporTV

“O comportamento não pode ser aquele. Não pode ser do técnico e não pode ser do clube, que é evidente que o clube foi conivente. Os seguranças do clube, que não deixaram o cara da Conmebol entrar no vestiário para tirar o Gallardo. Quem é que deu o rádio? E o assistente técnico, que na entrevista disse ‘quem garante que ele estava falando comigo? Vai que ele estava falando com a família dele em Buenos Aires’. Palhaçada total e absoluta”.

Chilavert – ex-goleiro da seleção do Paraguai

“Os regulamentos estão aí para serem cumpridos e respeitados. A Conmebol não pode sempre ajudar seus amigos. Por um futebol limpo na América do Sul”, escreveu em seu Twitter. “Agora as pessoas do futebol sabem que o presidente da Conmebol é um grande incompetente, fracassado e um homem que matou a Copa Libertadores. Todas as suas empresas quebraram no Paraguai e ele virou milionário com a Associação Paraguaia de Futebol e a Conmebol. A corrupção mata o futebol. É uma pena”.

Neto – ex-jogador e apresentador da Bandeirantes

“Se é no futebol inglês que o cara é expulso, ele já fica fora por três jogos. Automático. Não tem conversa. Mas aqui todo mundo pode fazer coisa errada. A Conmebol, quando você vai lá no Paraguai, parece que é Paris, Suíça… ou é mentira minha? Aí pegam cigarro e jogam da ponte. Pô, que legal. Então, quando acontecem coisas erradas ninguém vai pra dentro. Sou contra a Conmebol, sou contra a CBF, sou contra as federações. Sempre fui. E agora ninguém se coloca a favor do Grêmio. Ainda colocam o Gallardo tirando sarro da gente. Olha o absurdo que é”.

Veja:



Zico – ex-jogador, comentarista e atual diretor do Kashima Antlers

O respeitado “Galinho” utilizou o seu Instagram para fazer uma comparação entre a rigidez das regras no Japão e como a Conmebol trata o seu regulamento.

Veja o post:

Visualizar esta foto no Instagram.

Essa eu tinha que postar.Normalmente fico sentado vendo o treino e o roupeiro Kei sempre me tras uma garrafinha de agua.Hoje,vespera do primeiro jogo da final da Copa da Asia,treinamos no nosso campo e devido ao regulamento,nao pode haver nenhuma publicidade de nossos patrocinadores (essa foto minha sentado e antiga) e as placas sao cobertas por um plástico azul.A tampa da garrafinha vem sempre com o meu nome e como esta escrito Suntory,de um dos nossos patrocinadores,o Kei ate isso se preocupa,riscando o nome com uma caneta preta e lógico também tirando os rótulos,tudo para cumprir o regulamento da competição,enquanto na Comebol,o treinador e suspenso e faz o que fez em uma semifinal de Libertadores.Temos que aprender muito ainda.

Uma publicação compartilhada por Arthur Antunes Coimbra (@zico_oficial) em



André Rizek – jornalista e apresentador do SporTV

Através de mensagens no Twitter, o comunicador se manifestou de forma favorável ao Grêmio:







Conteúdo publicado originalmente no site www.Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Grêmio