(Foto: Reprodução da Internet)

Diário Olé relembra 'caso Aranha' e alfineta o Grêmio

Após a polêmica envolvendo Grêmio e River Plate, o Diário Olé, da Argentina, tratou logo de defender a equipe local e alfinetar o tricolor gaúcho. Nesta segunda-feira (05), o periódico relembrou o caso de racismo com o goleiro Aranha.

O caso foi relembrado pelo Olé após o Grêmio anunciar que vai retirar a assinatura do documento de Fair Play, escrito pela Conmebol. Nele, os semifinalistas se comprometeram a competirem de forma limpa, cumprirem as regras do jogos, respeitar a todos, abominar qualquer forma de corrupção, violência e racismo.

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

“Fomos expulsos de uma competição quando alguém que não era do nosso clube agiu de forma errada”, argumentou Néstor Hein, diretor jurídico do tricolor gaúcho. Segundo o diário argentino, é incoerente a ameaça gremista. Já que naquela noite, na Arena, também faltou Fair Play por parte do Grêmio.

Relembre o caso

Em 2014, Grêmio e Santos se enfrentaram na Arena, pela Copa do Brasil. Na ocasião, uma torcedora gaúcha começou a chamar Aranha de “macaco” e “preto fedorento”. Os insultos foram denunciados pelo goleiro e acarretaram na exclusão do tricolor da competição.

Além disso, a equipe foi multada e os torcedores identificados foram banidos do estádio por 720 dias. O árbitro e os assistentes também foram suspensos por 90 dias por ignorarem as denúncias feitas pelo atleta.

Conteúdo publicado originalmente no site www.Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Grêmio