(Foto: Reprodução da Internet)

Ex-goleiro Chilavert se solidariza com o Grêmio e detona Conmebol: "Corrupção mata"

O apoio ao Grêmio no “caso Conmebol” está vindo de todas as partes. Jogadores, ex-jogadores, torcedores e imprensa mostram solidariedade ao clube, que tentou reverter os pontos da derrota por 2×1 para o River Plate junto à entidade, mas teve o seu recurso negado em um longo julgamento que só terminou na noite de sábado.

Até mesmo o ex-goleiro paraguaio Chilavert usou suas redes sociais para dar a sua contundente opinião. Sem citar nominalmente o Grêmio, ele fez duríssimas críticas à postura da Conmebol:

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

“Os regulamentos estão aí para serem cumpridos e respeitados. A Conmebol não pode sempre ajudar seus amigos. Por um futebol limpo na América do Sul”, disse.

Chilavert também atacou o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, que também é de nacionalidade paraguaia:

“Agora as pessoas do futebol sabem que o presidente da Conmebol é um grande incompetente, fracassado e um homem que matou a Copa Libertadores. Todas as suas empresas quebraram no Paraguai e ele virou milionário com a Associação Paraguaia de Futebol e a Conmebol. A corrupção mata o futebol. É uma pena”.

O que também irritou a cúpula gremista foi a punição branda ao River Plate: três jogos de pena a Marcelo Gallardo e multa de 50 mil dólares.

Conteúdo publicado originalmente no site www.Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Grêmio