(Foto: Ivan Storti / Santos)

De explosão a Real, Rodrygo fecha primeiro ano no profissional do Peixe

Em 1º de novembro de 2017, o atacante Rodrygo fazia seu primeiro treino com o elenco profissional do Santos. De lá para cá, não só se tornou unanimidade entre os treinadores que passaram pelo clube, como também conquistou a torcida alvinegra e foi vendido para o Real Madrid, da Espanha. Aos 17 anos, em entrevista ao site oficial do clube, revelou que não esperava tamanha evolução em apenas uma temporada.

- Não esperava ter vivido tudo isso com apenas 17 anos. Claro que eu sonhava com muitos acontecimentos na minha carreira no futuro, porém, não acreditava que seria tudo tão rápido. Logo no meu primeiro ano eu já consegui virar titular, fiz gol numa Libertadores, e ainda consegui dar um retorno financeiro para o Santos com a venda. Está passando rápido demais, parece que foi ontem o dia que pisei aqui pela primeira vez - disse o Rayo.

QUER SABER MAIS SOBRE O SANTOS? CLIQUE AQUI.

Nesse ano, não foram poucas as conquistas. Rodrygo fica no Santos até julho do ano que vem, quando se mudará para a Espanha. O Real Madrid investiu 45 milhões de euros (aproximadamente R$ 193 milhões) em seu futebol e irá levá-lo no começo da próxima temporada europeia. São 53 jogos já disputados pelo Peixe, 10 gols marcados e quatro assistências.

O Rayo foi eleito a revelação do Campeonato Paulista no primeiro semestre e entrou na lista dos dez melhores jogadores sub-21 do mundo da famosa revista France Football. Rodrygo jogou com Elano, jogou com Jair Ventura e também é muito bem visto por Cuca. Com um brilhante futuro pela frente, está no radar de Tite e pode ser convocado a qualquer momento à Seleção Brasileira.

- Foi um dos momentos mais felizes da minha vida (a promoção ao profissional). Não esperava, pois já estávamos no fim do ano também. Às vezes eu subia para completar treino quando o time estava viajando, mas quando o Elano me ligou dizendo que eu seria profissional de vez foi inesquecível. Lembro que no primeiro dia eu fiquei bem nervoso, olhando com receio para todos os atletas - revelou o garoto.

Sonho pela taça
Embora individualmente o ano tenha sido muito bom para Rodrygo, o garoto se sente ainda frustrado por não ter conquistado um título com a camisa alvinegra. Por isso, o objetivo já no começo de 2019 será brigar para ser campeão paulista no primeiro semestre.

- Infelizmente, não conseguimos conquistas em 2018, mas meu sonho é sair daqui com uma taça. Neste ano meu título vai ser ajudar o Santos a chegar na Libertadores. Mas ano que vem ainda teremos o Paulista antes da minha saída e vou lutar por essa taça - finalizou.

Conteúdo publicado originalmente no site www.Lance.com.br

RECEBA NOTÍCIAS DO SANTOS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Santos