(Foto: Reprodução da Internet)

Curva ascendente deixa Santos na cola do G-6 faltando sete rodadas

Se o Atlético-MG perder para o Ceará, nesta segunda-feira, em Fortaleza, o ​Santos irá terminar a 31ª rodada do Campeonato Brasileiro com pontuação de G-6. Em uma grande recuperação, o time paulista chegou aos mesmos 46 pontos do Galo após aplicar 3 a 0 no Fluminense, na Vila Belmiro. Pois agora o Peixe tem sete compromissos para seguir nesta toada e se garantir na Libertadores do ano que vem.

Mantendo esta curva ascendente, dificilmente os comandados de Cuca deixarão escapar a vaga. Nos compromissos válidos pelas últimas cinco rodadas, a equipe, além de passar pelo Fluminense, venceu Atlético-PR (1 a 0, na Vila), Vitória (1 a 0, em Salvador) e Corinthians (1 a 0, no Pacaembu), sem contar o empate em 2 a 2 diante do Inter, no Beira-Rio.

QUER SABER MAIS SOBRE O SANTOS? CLIQUE AQUI.

Neste sábado, depois de um primeiro tempo fraco, Cuca conseguir “reanimar” os atletas, que mostraram poder de reação na etapa final e marcaram todos os gols nos dez minutos finais do duelo. Durante a partida, a entrada do paraguaio Derlis González também se mostrou acertada. Com chegadas rápidas ao ataque, aumentou a produção ofensiva e colaborou para o crescimento dos companheiros. Na reta derradeira do duelo, o Santos teve 82% de posse de bola, e os gols marcados foram resultado da insistência. No total, o time finalizou mais de 20 vezes à meta carioca. Gabigol, mais uma vez, foi destaque. Sofreu pênalti, que ele mesmo cobrou para estufar a rede, e ainda construiu a jogada que culminou no gol de Carlos Sánchez Agora, o desafio é encarar o líder Palmeiras, sábado, no Allianz Parque.

Conteúdo publicado originalmente no site www.90min.com

RECEBA NOTÍCIAS DO SANTOS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Santos