(Foto: Vitor Silva / Botafogo)

Botafogo espera reta final tensa no Brasileiro

Com 35 pontos conquistados no Campeonato Brasileiro, o Botafogo sabe que precisa de pelo menos mais 11 para conseguir afastar qualquer risco de rebaixamento para a Série B. A distância para a zona da degola, hoje aberta pelo Vitória da Bahia, é de apenas dois pontos. Faltando oito confrontos, os alvinegros esperam uma reta final muito tensa no Brasileirão.

“Nossa equipe sabe que esta reta final será muito complicada e que as equipes vão jogar ainda mais pressionadas. Além disso, todos os times têm algum motivo para brigarem pela vitória e isso aumenta o grau de competitividade” disse o volante Rodrigo Lindoso.

QUER SABER MAIS SOBRE O BOTAFOGO? CLIQUE AQUI.

O zagueiro Joel Carli segue a mesma linha de raciocínio.

“A tabela está muito apertada, muitos times próximos e se alguém relaxar pode se prejudicar. Temos um algo a mais a dar e temos que fazer isso para dar essa tranquilidade ao nosso torcedor”, disse Carli.

O próximo compromisso do Botafogo será o duelo de sábado, às 21h(de Brasília), contra o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 31ª rodada. Para este confronto o time terá mudanças. Joel Carli e o volante Matheus Fernandes voltam a ficar à disposição após cumprirem suspensão contra o Bahia por acúmulo de cartões amarelos. O meia chileno Leonardo Valencia, recuperando de dores na coxa esquerda, também volta ao time e tudo indica que será relacionado. Na mesma situação se encontra o meia Renatinho, com dores na perna esquerda, que ainda depende de avaliação do departamento médico. Nesta sexta-feira o elenco treina na parte da tarde e logo depois a delegação viaja para a capital paranaense.

Fora de campo a diretoria está esperando apenas uma operação junto ao sistema bancário para adquirir os R$ 18,8 milhões referentes a antecipação de cotas de direitos de transmissões de anos anteriores. A quantia é fundamental para colocar em dia o salário dos jogadores, que sofrem com dois meses de atraso. Esta semana atletas como Joel Carli e o atacante Rodrigo Pimpão falaram abertamente da situação, dizendo que ela incomoda, embora não interfira no rendimento da equipe.

Conteúdo publicado originalmente no site Gazeta Esportiva

RECEBA NOTÍCIAS DO BOTAFOGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Botafogo