(Foto: Vitor Silva / Botafogo)

Ex-presidente do Botafogo justifica afastamento de atividades

Carlos Eduardo Pereira é o atual vice-presidente geral do Botafogo, cargo que ocupa desde que deixou a presidência do clube. O dirigente, no entanto, tem sido pouco visto em jogos e em atividades realizadas pelo clube nos últimos tempos.

À Rádio Tupi, CEP afirmou que o afastamento destas atividades não seria fruto de ‘omissão’, mas poderia ter a ver com divergências com a gestão do atual mandatário Nelson Mufarrej. Mas que tais questões são serão esclarecidas com o fim do Campeonato Brasileiro.

QUER SABER MAIS SOBRE O BOTAFOGO? CLIQUE AQUI.

“Meu silêncio sobre o momento do clube não tem nada a ver com omissão. Muito pelo contrário, pois internamente tenho tido repetidas divergências sobre questões gerenciais, financeiras e também sobre o futebol. Expô-las agora não irá ajudar em nada. O grave momento que o Botafogo vive pede prioridade pela sua permanência na Série A”, declarou Pereira.

“Terminado o campeonato, aí será o grande debate. Agora temos que apoiar a equipe e torcer para que tenham sucesso nesta luta fundamental. Que os deuses do futebol, (ex-presidente histórico do clube) Carlito Rocha e (cão mascote) Biriba olhem para o nosso Botafogo”, finalizou.

Notícias de atritos entre dirigentes aconteceriam desde a entrada de Mufarrej no comando do time. Há desentendimentos entre dirigentes sobre várias questões do clube durante a temporada, o que pode ter influenciado na atual campanha do time e nos problemas financeiros que o Fogão vive.

Conteúdo publicado originalmente no site Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO BOTAFOGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Botafogo