(Foto: Reprodução da Internet)

Gilson explica titularidade e projeta 'final' com o Bahia: "Jogo de 6 pontos"

Para o jogo contra o Ceará, na última segunda-feira, Zé Ricardo optou pela titularidade de Gilson, deixando Moisés, alvo recente de parte da torcida, no banco de reservas. Mais experiente do que o concorrente emprestado pelo Corinthians, Gilson teve uma atuação regular no empate em 0 a 0, no Castelão.

E, nesta quarta-feira, após o primeiro treino do Botafogo no Rio nesta semana, Gilson foi quem falou à imprensa em entrevista coletiva. Além de revelar que soube que iniciaria entre os 11 apenas na véspera do duelo, já projetou o próximo, que será diante do Bahia, no sábado, em casa.

QUER SABER MAIS SOBRE O BOTAFOGO? CLIQUE AQUI.

- Viajei sabendo que poderia iniciar a partida. Mas o Zé definiu isso na véspera. Ele (Zé Ricardo) é muito franco e dá importância a todos os atletas, não só os considerados titulares. Durante a semana fiz um treino com a equipe titular e sabia que havia possibilidade. Não só eu, mas todos estão preparados para iniciar e dar o seu melhor - comentou o defensor, antes de falar sobre o Bahia:

- Lembrar (da queda), sim, fomos eliminados por eles. Mas ganhamos aquela partida, não deu no saldo e acabamos eliminados nos pênaltis. Já faz parte do passado. Vamos entrar muito focados, pois é um jogo de peso diferente, pela proximidade da tabela. É jogo de seis pontos e uma decisão, como todos os jogos até o final - finalizou Gilson, que não quis definir se seguirá como titular.

O confronto entre Botafogo e Bahia será realizado às 16h (de Brasília) deste sábado, no Nilton Santos. Hoje, a diferença do Glorioso, o 12º colocado, para o Tricolor, na 13ª colocação, é de apenas um ponto - 35 a 34 para os cariocas.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance

RECEBA NOTÍCIAS DO BOTAFOGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Botafogo