Inter tenta recuperar protagonismo de atleta que vive nova "seca" em 2018

(Foto: Reprodução da Internet)

São 35 jogos disputados e dez gols marcados em 2018. No ano passado, quando chegou ao ​Inter, William Pottker precisou de três partidas a menos para atingir o mesmo número de bolas na rede e ser o artilheiro da equipe na disputa da Série B - no primeiro semestre, quando ainda vestia a camisa da Ponte Preta, foram apenas 20 compromissos e, também, dez gols. Fato é que, na atual temporada, o jogador não está conseguindo mostrar uma linearidade de atuações e ser o jogador decisivo que todos esperavam.

Entre 8 de fevereiro, contra o São José (Campeonato Gaúcho), e 19 de julho, frente ao Atlético-PR (Campeonato Brasileiro), Pottker ficou 1.032 minutos sem comparecer no placar, totalizando 14 partidas. Agora, tudo indica que um período semelhante a este possa estar acontecendo. Já são cinco duelos seguidos sem marcar, ou seja, seu último gol aconteceu contra o Flamengo, há um mês. Dali em diante, conforme dados do Footstats, tentou apenas uma conclusão- frente ao Corinthians.

QUER SABER MAIS SOBRE O INTERNACIONAL? CLIQUE AQUI.

No atual modelo tático do técnico Odair Hellmann, o 4-1-4-1, o jogador já atuou nas duas extremas e também como homem de referência na área. Mas em nenhuma destas posições conseguiu retomar, ainda, o status de protagonista e vê Rossi, que agora está lesionado, e Wellington Silva crescerem de produção. Neste domingo, o Inter tem um confronto decisivo para suas pretensões no Campeonato Brasileiro. Atual segundo colocado com 53 pontos (três a menos que o líder Palmeiras), recebe o São Paulo, que ocupa a quarta posição com 52. Ou seja, não há momento mais propício para Pottker voltar a se encontrar com os gols. Caso contrário, pode ser tarde demais.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO INTERNACIONAL DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!