Grêmio não deve ter surpresas na defesa mesmo com apenas um titular à disposição

(Foto: Reprodução da Internet)

É um desafio e tanto. Neste domingo, o ​Grêmio vai a São Paulo encarar nada menos que o líder do Campeonato Brasileiro. E a tarefa fica ainda mais pesada pelo fato de o técnico Renato Portaluppi ter apenas um titular do setor defensivo à sua disposição. Ou seja, é hora de o grupo, mais uma vez, mostrar a sua força.

O Tricolor foi o time que menos sofreu gols até aqui na competição. Em 28 rodadas, acabou vazado em apenas 16 oportunidades. Como muitas partidas foram disputadas com uma equipe alternativa, tudo indica que quem entrar para jogar diante do Palmeiras, no Pacaembu, não irá sofrer tanta pressão assim.

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

A princípio, mesmo com as baixas do goleiro Marcelo Grohe, do lateral-direito Léo Moura, do lateral-esquerdo Bruno Cortez (todos entregues ao departamento médico) e do zagueiro Kannemann (com a seleção argentina), não há muito mistério a fazer. No gol, Paulo Victor será naturalmente o dono da vaga. Já Leonardo Gomes, que cresceu muito de produção nos últimos tempos, atuará pelo lado direito, enquanto Marcelo Oliveira deverá ocupar o posto na esquerda mesmo que Juninho Capixaba tenha sido o dono da vaga no último sábado. Por sua vez, Bressan é o zagueiro a compor dupla com Pedro Geromel, o remanescente da equipe principal.

Do meio para frente é que dúvidas deverão ser levadas até momentos antes do duelo. Sem o volante Ramiro e o atacante Everton, também lesionados, algumas novidades podem pintar, como Matheus Henrique e Thaciano. A tendência é pela manutenção do esquema com um centroavante de área, e Jael tem tudo para receber mais uma oportunidade.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!