D'Alessandro revela quem foram os seus principais marcadores em quase 10 anos de Brasil

(Foto: Reprodução da Internet)

Com 10 anos completados de Inter no último mês de julho, D’Alessandro já é um experiente em futebol brasileiro. Desde 2008, data de sua contratação, ele enfrentou uma série de adversários e de marcadores pela frente. E citou dois dos seus principais rivais nesse período em entrevista recente ao Bola da Vez, da ESPN Brasil.

Um dos marcadores mais difíceis citados por D’Ale é Willians, que atualmente defende o CRB. Dono de um porte físico avantajado, o volante jogou em grandes clubes brasileiros como Flamengo, Inter, Cruzeiro e Corinthians.

QUER SABER MAIS SOBRE O INTERNACIONAL? CLIQUE AQUI.

“Aqui no Brasil eu enfrentei o Flamengo de 2009, que foi campeão brasileiro. E eles tinham o Willians, o volante, que depois jogou comigo no Inter. É um cara que tem uma capacidade física e técnica muito grande e foi muito difícil como marcador”.

O outro marcador citado por D’Alessandro é Arouca, hoje no Vitória depois de passagens por Fluminense, Santos e Palmeiras. Entre 2011 e 2012, Inter e Santos travaram interessantes duelos entre Brasileirão e Libertadores.

“O Arouca na época do Santos também. Era um cara que marcava muito bem”.

Maior goleador do “novo” Beira-Rio

Reinaugurado em 2014 para a Copa do Mundo, o “novo” Beira-Rio ganhou um artilheiro absoluto na vitória do Inter por 2×1 sobre o Vitória, há duas semanas. De pênalti, D’Alessandro garantiu o resultado positivo ao colorado e fez o seu 22° gol na nova casa. Ninguém marcou mais que ele nesse período.

Em 421 jogos, D’Alessandro já marcou 89 vezes pelo Inter. O colorado volta a atuar no próximo domingo, contra o São Paulo, no Beira-Rio.

Conteúdo publicado originalmente no site Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO INTERNACIONAL DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!