Persistente: Cruzeiro trava 'batalha' para ter jogador disponível nas finais

(Foto: Reprodução da Internet)

Eliminado da Libertadores, a Copa do Brasil se transformou na maior chance de título do ​Cruzeiro em 2018. Faltando apenas três dias para a primeira final contra o Corinthians, a ser disputada quarta-feira (10) no Mineirão, a Raposa ainda não desistiu de contar com um dos principais destaques de seu elenco.

​​De acordo com o ​UOL Esportes, a diretoria celeste ainda luta pela liberação do craque Giorgian De Arrascaeta, convocado pela Seleção do Uruguai para os amistosos dos dias 12 e 16 de outubro contra Coreia do Sul e Japão. Uma vez que as finais da Copa do Brasil ocorrem nos dias 10 e 17 deste mês, o jogador não teria condições de atuar pela Raposa.

QUER SABER MAIS SOBRE O CRUZEIRO? CLIQUE AQUI.

Peça vital para o sucesso cruzeirense na decisão nacional, o próprio meia solicitou sua desconvocação junto à Associação Uruguaia de Futebol (AUF) há cerca de uma semana, mas teve seu pedido negado pela entidade. Sem esmorecer, o camisa 10 fez novo pedido formal para sua liberação, desta vez direcionado ao capitão uruguaio, Diego Godín, e ao auxiliar técnico de Óscar Tabárez na seleção.

Com este novo pedido, a diretoria celeste acredita que haverá bom senso e sensibilidade na decisão final da Federação: "Ele [Arrascaeta] entrou em contato com o auxiliar técnico, é a pessoa que eles têm o contato direto, o caminho com o treinador. Ele entrou em contato com o Godin, que é o capitão (...) Estamos ainda procurando conversar, acho que precisamos ser otimistas até a última hora", afirmou Marcelo Dijan, diretor de futebol do Cruzeiro.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO CRUZEIRO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!