Paquetá chama a responsabilidade e assume novo papel no Fla

(Foto: Reprodução da Internet)

O ano de 2017 foi de descoberta com o surgimento de ​Lucas Paquetá como peça importante do elenco do Flamengo. Aos poucos, o meia ganhou ainda mais espaço no time, mas hoje é possível dizer que se trata já de uma referência técnica dentro da equipe. A temporada de 2018 tem sido de afirmação para o jovem.

Apesar de toda a aplicação tática e da qualidade apurada na condução de bola para abrir espaços no setor central, outra característica do atleta tem chamado a atenção: seu instinto goleador. Enquanto os centroavantes do plantel (Dourado, Uribe e Lincoln) vivem períodos de seca, o camisa 11 já acumula nove gols no Campeonato Brasileiro e é o líder no quesito dentro da Gávea, mesmo não sendo sua principal arma. Diante do Corinthians, em Itaquera, foi às redes duas vezes e mais uma vez mostrou sua grande importância na campanha rubro-negra:

QUER SABER MAIS SOBRE O FLAMENGO? CLIQUE AQUI.

"O Paquetá é um jogador diferente, um garoto com cabeça boa, sólido em suas atitudes. É natural que oscile em função da quantidade de jogos e por tudo que tem acontecido na sua vida nesses últimos quatro meses. Com certeza, ele tem que ser preparado para sustentar tudo isso. Espero que não perca a humildade e o interesse em querer melhorar", elogiou o treinador Dorival Júnior.

Com o resultado da última sexta-feira, o Rubro-Negro chegou a 52 pontos e passou para a 3ª posição, a quatro pontos do líder Palmeiras.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO FLAMENGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!