Palmeiras tem "fator extra" na luta pelo título brasileiro

(Foto: Reprodução da Internet)

O time do Palmeiras começou o ano com bons resultados sob o comando de Roger Machado, mas havia algo ainda faltando para dar um pulo mais ousado. A derrota na final do Paulistão, mesmo em casa, trouxe uma onda de desconfiança ao time. Em pouco tempo, o comandante mudou e, com Felipão, um outro aspecto se fez presente: a firmeza psicológica para decidir os jogos.

Tem sido constante nos jogos da equipe o controle da situação. Diante do São Paulo, com um Morumbi lotado, em nenhum momento o líder do Brasileirão parecia perto de perder o duelo. Nem mesmo seu gol foi muito ameaçado. ​Com frieza e letalidade, o Verdão mostrou mais uma vez seu repertório.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

Com 56 pontos na tabela, a campanha se assemelha àquela do título de 2016, o mais recente do clube. A diferença é justamente esta inteligência emocional que o plantel vem apresentando. A sensação que passa é que, aconteça o que acontecer, o Palmeiras sabe que fará seu gol no momento certo para ganhar mais uma. E assim segue a sua trajetória, seja no Brasileirão ou na Libertadores. Pior para os adversários.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!