Flu aposta no embalo da torcida e espera Maracanã cheio contra o Paraná

(Foto: Reprodução da Internet)

A relação entre torcida e time do Fluminense andava meio morna nesta temporada, mas a vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Cuenca, nessa quinta-feira (4), pode ser a faísca que faltava para reaquecer a paixão.

O jogo que valeu a classificação às quartas de final da Copa Sul-Americana foi visto por 39.157 tricolores, melhor marca do Flu como mandante no Maracanã em 2018. A anterior era de de pouco mais de 22 mil, em jogo contra o Botafogo.

QUER SABER MAIS SOBRE O FLUMINENSE? CLIQUE AQUI.

Diante do entusiasmo, a expectativa é de que os tricolores estejam em bom número no estádio na próxima segunda-feira, quando o time enfrenta o Paraná, às 20h, pelo Campeonato Brasileiro. A direção fez sua parte, já que os ingressos partem de R$ 10. Agora, cabe ao torcedor empurrar a equipe.

"Esperamos que segunda-feira esteja lotado de novo. A torcida fez uma festa muito bacana, é difícil bater o Fluminense aqui com a casa cheia", convocou o zagueiro Digão.

Outro destaque da noite, o zagueiro Richard festejou muito o seu gol, mas também fez um apelo para que estádio cheio passe a ser uma rotina daqui em diante:

"A torcida veio na hora certa, estamos precisando do apoio deles. Estamos fechados para ganhar esse título".

Sem tempo para descanso, o Flu já retoma suas atividades na manhã desta sexta-feira, e o técnico Marcelo Oliveira tem um problema em mãos: contundidos, os laterais-direitos Léo e Gilberto não devem estar à disposição para o duelo com os paranistas.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte

RECEBA NOTÍCIAS DO FLUMINENSE DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!