São Paulo x Palmeiras tem 'rótulo forte' para Sidão em termos de significado

(Foto: Reprodução da Internet)

O São Paulo não vive um bom momento no Campeonato Brasileiro. Nas últimas seis partidas pela competição, são quatro empates e apenas uma vitória. Com os recentes tropeços, a equipe de Diego Aguirre perdeu força na briga pelo título e viu o rival Palmeiras, adversário deste sábado (6 de outubro), assumir a liderança.

Diante desse cenário, o duelo contra os palmeirenses ganhou ares de decisão no Tricolor Paulista. Sem fugir do discurso, Sidão apontou o jogo, que será realizado no Morumbi, às 16 horas (de Brasília), como um dos mais importantes no ano.

QUER SABER MAIS SOBRE O SÃO PAULO? CLIQUE AQUI.

"A gente vem batendo numa tecla de que todos os jogos são finais, mas esse realmente é uma final, um confronto direto. Acho que será um divisor de águas para que a agente siga firme brigando pelo título do campeonato", analisou o goleiro.

Desde o começo do segundo turno, os comandados de Diego Aguirre somaram 11 pontos – duas vitórias, cinco empates e uma derrota -, ocupando apenas a 11ª posição no período. O goleiro admitiu a queda de rendimento da equipe e disse que não há espaços para mais erros.

"Realmente os números no segundo turno não são tão bons a nosso favor. A gente tem noção disso e sabe que precisa melhorar para permanecer na parte de cima da tabela", declarou.

Mesmo com o declínio da performance dentro de campo, o clube paulista depende só de si para conquistar o título nacional, já que caso ganhe de Palmeiras, neste sábado, e Internacional, na rodada seguinte, reassume a ponta. Esse fato foi ressaltado por Sidão, que pediu força mental ao time na reta decisiva do campeonato.

"A gente está bem focado. Sabemos que ainda dependemos dos nossos esforços e dos nossos sacrifícios para conseguir nossos objetivos. Então, é manter a cabeça boa, focada e trabalhando firme para que a gente consiga lá no final do ano ser bem-sucedido", analisou.

Com 27 rodadas disputadas, a diferença do líder Palmeiras para o quinto colocado Flamengo é de apenas quatro pontos. Entre paulistas e cariocas, estão Internacional, com os mesmos 53 pontos do Verdão, São Paulo, dono de 52 pontos, e Grêmio, com 50.

Assim, o arqueiro tricolor vê o Brasileiro deste ano como um dos mais acirrados da história dos pontos corridos. “É sem dúvida, nos últimos anos, o campeonato mais disputado. Os números estão aí, muitos times na briga pelo título. Agora, é manter o foco e a concentração para que a gente consiga comemorar o título no fim do ano”, disse.

Pelo lado Alviverde, depois da classificação para a semifinal da Conmebol Libertadores, o Palmeiras também já foca no São Paulo.

Conteúdo publicado originalmente no site Gazeta Esportiva

RECEBA NOTÍCIAS DO SÃO PAULO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!