Cabezas não decola no Flu e tem ficado fora até do banco de reservas

(Foto: Divulgação / Fluminense)

No dia 25 de julho deste ano, o Fluminense anunciou a contratação por empréstimo do equatoriano Bryan Cabezas, ex-Atalanta. O atacante posou para fotos, vestiu a camisa 8, mas não devia imaginar que aquela seria a única vez que seria protagonista desde então. De lá para cá, o jogador não entrou em campo um minuto sequer e não tem sido nem relacionado por Marcelo Oliveira.

Ele, que tem contrato até o meio do ano que vem, ainda não impressionou o técnico nos treinamentos, o que faz com que o comandante priorize outros nomes em seu detrimento. A última vez que foi convocado para o banco de reservas foi no empate por 0 a 0 contra o Vitória, no dia 6 de setembro.

QUER SABER MAIS SOBRE O FLUMINENSE? CLIQUE AQUI.

De lá para cá, o Fluminense entrou em campo quatro vezes, sendo que em uma ocasião pela Copa Sul-Americana, competição na qual não foi inscrito. Na disputa continental, o Flu conta com Junior Dutra, Marcos Jr, Everaldo, Dudu, Matheus Alessandro e Luciano como opções ofensivas.

Além dos que estão aptos para a disputa do torneio sul-americano, o atacante Kayke, impedido de ser inscrito por já ter atuado pelo Bahia, é outro que integra a lista de opções para a linha de frente do Flu.

"Ele está se adaptando. Está muito bem, treinando da melhor maneira. Espero que tenha uma oportunidade, para que demonstre seu trabalho. Estamos ajudando para que ele rapidamente se adapte, possa jogar e ajudar a todos", analisou o compatriota Sornoza.

Nas vitórias consecutivas diante de Deportivo Cuenca e Chapecoense, o treinador mandou o Flu a campo com um ataque formado por Everaldo e Luciano. Se ambos estiverem aptos fisicamente, a tendência é que os dois sejam escalados de início para o duelo de sábado ante o Grêmio, às 16h, no Nilton Santos. Já Cabezas espera ao menos ser uma das alternativas entre os reservas.

"O jogo que vem pela frente será muito difícil. O Grêmio é um time muito qualificado e teremos de ser inteligentes para jogar esse jogo", analisou o camisa 10.

Embalado por dois triunfos, o elenco tricolor tem mais um dia de trabalho antes de encarar o desafio contra os gaúchos. De olho em alternativas e ajustes, Marcelo comanda às 9h30 o último treino do Flu antes do duelo.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte

RECEBA NOTÍCIAS DO FLUMINENSE DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Fluminense