Inter já tem base para 2019 e precisará renovar com apenas quatro nomes

(Foto: Reprodução da Internet)

Se no início do Campeonato Brasileiro todos encaravam o ​Inter como surpresa, agora, no mínimo, a classificação para a Libertadores do ano que vem já é uma realidade. Ocupando a terceira colocação na tabela, o time gaúcho tem 13 pontos a mais que o Cruzeiro, que hoje é o primeiro clube fora da zona de classificação para o principal torneio do continente. E, já pensando em desbravar as terras sul-americanas em 2019, a direção colorada tem um grupo praticamente montado.

O atual plantel conta com 33 nomes. E, destes, somente quatro estão com contrato vencendo ao final da temporada. O centroavante Leandro Damião é o único titular da equipe que precisará negociar um novo acordo. No entanto, tudo indica que não será difícil, uma vez que seu vínculo com o Santos está terminando e, assim, ficará livre no mercado para se acertar com quem quiser.

QUER SABER MAIS SOBRE O INTERNACIONAL? CLIQUE AQUI.

Além do camisa 9, o lateral-direito Fabiano, que pertence ao Palmeiras, o atacante Wellington Silva, do Fluminense, e o também avante Rossi, emprestado pelo Shenzen FC, da China, vivem esta situação. Com um projeto a longo prazo, o Inter já se antecipou em alguns casos e, recentemente, exerceu a opção de compra do volante Edenílson junto à Udinese, da Itália, e ampliou seu contrato por mais três temporadas. O goleiro Marcelo Lomba, que tem tudo para continuar como titular mesmo após a volta do lesionado Danilo Fernandes, também prorrogou sua permanência até 2020. Já o volante Patrick tem vínculo até o fim de 2019, mas o clube já alinhavou um acordo para exercer a opção de ficar com o profissional por mais três anos. E assim, enquanto luta para ser campeão nacional ainda em 2018, o Colorado tenta manter um elenco competitivo já pensando em voos mais altos.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO INTERNACIONAL DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!