Antes em baixa, atacantes do Flu desencantam em meio à "novela Pedro"

(Foto: Reprodução da Internet)

Mais do que a vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Cuenca e a vaga às quartas de final da Copa Sul-Americana muito bem encaminhada, o Fluminense deixa a cidade de Quito com dois de seus atacantes regenerados.

Autores dos gols sobre os equatorianos, Everaldo e Luciano sobem justamente em um momento que a lesão e consequente cirurgia de Pedro sacudiu o ambiente nas Laranjeiras. Desde que o artilheiro deixou o time, as opções de frente ficaram três jogos sem marcar, mas a sorte mudou ante o Atlético-PR, quando Luciano, enfim, desencantou.

QUER SABER MAIS SOBRE O FLUMINENSE? CLIQUE AQUI.

"O Marcelo pede para a gente estar na área. Estou muito feliz por estar ajudando meu time, soubemos atacar na hora certa", festejou Luciano.

Na capital equatoriana foi a vez de Everaldo deixar sua marca pela primeira vez. Não apenas pela bola na rede, o jogador tem sido cada vez mais importante no esquema de Marcelo e vai ganhando espaço no coração do torcedor do Fluminense. Além da dupla, Matheus Alessandro e Kayke têm sido as alternativas mais frequentes.

A maré positiva dos homens de frente vem muito a calhar, já que Pedro monopolizava o noticiário sem nem mesmo estar em campo. Após indecisões sobre a necessidade de cirurgia, o camisa 9 passará nesta sexta por uma intervenção, mas o procedimento não será realizado por nenhum médico do Fluminense.

"O Pedro tem uma qualidade enorme, mas vamos superar essa ausência com meus companheiros. Espero dar sequência e ajudar a torcida, a diretoria e os companheiros", afirmou Luciano.

Os tricolores dão uma pausa na competição continental e voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Na próxima segunda, a equipe visita a Chapecoense, às 20h, na Arena Condá. O jogo de volta ante os equatorianos será no dia 4 de outubro.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte

RECEBA NOTÍCIAS DO FLUMINENSE DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!