Site vê Palmeiras com mais chance de título brasileiro do que o São Paulo; entenda

(Foto: Reprodução da Internet)

Ainda que esteja três pontos atrás, o Palmeiras tem 6% a mais de chances de vencer o Campeonato Brasileiro do que o São Paulo, segundo os cálculos do site "Chance de Gol". Os rivais paulistas são os "azarões" da corrida pelo título, atrás do favorito Internacional, mas o alviverde parece ser o desafiante mais provável de acordo com a estatística.

O Internacional, com 49 pontos, aparece na frente com 53,4% de chances de ser campeão, seguido por Palmeiras (46 pontos no Brasileirão; 23,8% de chances) e São Paulo (49 pontos; 17,6%). Flamengo (44), Atlético-MG (41) e Grêmio (41) aparecem bem mais atrás, com menos de 3% de chances cada. Toda a matemática tem como base o Departamento de Estatística da USP (Universidade de São Paulo).

QUER SABER MAIS SOBRE O SÃO PAULO? CLIQUE AQUI.

Os números são atualizados em todos os dias de jogos do futebol brasileiro e são calculados em dois níveis. O primeiro é um ranking de clubes que, de acordo com o desempenho nos últimos 12 meses, aponta quais são os times e adversários mais fortes - o Palmeiras lidera esta lista, seguido por Inter, Grêmio e São Paulo. O segundo nível usa este ranking para calcular a dificuldade dos jogos de cada equipe nas rodadas que restam do Brasileirão.

O critério tem base nos adversários e nos mandos de campo. Em tese, o Inter é quem tem rivais considerados mais fracos e joga os confrontos mais importantes em casa; depois vem o Palmeiras, e na sequência o São Paulo. Isto apesar de o clássico paulista ser no Morumbi neste segundo turno.

Em termos práticos, o favoritismo do Internacional se dá pois a equipe já enfrentou Palmeiras (3º colocado), Flamengo (4º), Grêmio (6º), Cruzeiro (7º) e Bahia (13º) neste returno e não perdeu nenhuma vez. Além de ter deixado a maioria dos confrontos diretos para trás, o líder do Brasileirão encara São Paulo (2º) e Atlético-MG (5º) em casa e por isso vê sua chance de título disparar.
Entre os paulistas, a diferença não é tão clara, e neste caso o "favoritismo" palmeirense fica menos transparente na sequência dos próximos adversários e nos locais de tais partidas. Um ponto importante e que tem influência na conta é a fase atual das equipes. Embalado e sofrendo pouquíssimos gols (só um no returno), o Palmeiras acumula ótimos resultados recentes, que têm maior peso no ranking do que partidas antigas e por consequência lhe deixa em condições melhores quando comparado ao São Paulo.

Tal lógica também se aplica na parte de baixo da tabela. Mesmo na antepenúltima posição com 24 pontos, o Ceará tem menores chances de ser rebaixado do que Sport e Vasco, que estão na sua frente pelos critérios de desempate (26,5%, contra 88,8% e 44,1%, respectivamente). Até o Botafogo, com dois pontos a mais, tem maiores chances de ser relegado à Série B (47,5%). Isto porque o Ceará já enfrentou São Paulo (2º) e Flamengo (4º) neste returno e, principalmente, terá confrontos em casa contra cinco rivais na luta contra o descenso: Vitória, Chapecoense, Botafogo, Paraná e Vasco.

Como são feitas as contas

Os cálculos são de Marcelo Leme de Arruda, que é doutor em Estatística pela USP e estuda probabilidades no esporte desde a década de 1990. Em entrevista ao UOL Esporte, ele explica que não há a ambição de fazer previsões, mas de apontar probabilidades. "Tudo é feito por simulações. Eu rodo as partidas do campeonato centenas de vezes e contabilizo quantas vezes cada time foi campeão, rebaixado etc", afirma.

Desta forma, o "Chance de Gol" busca aplicar a matemática ao futebol, que por si só é pouco matemático. Grosso modo, se houvessem mil edições do Campeonato Brasileiro neste ano, o site aponta que o Internacional venceria 534 delas (o Palmeiras, 238; e o São Paulo, 176), mas como só há uma, o imponderável naturalmente precisa ser levado em consideração.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte

RECEBA NOTÍCIAS DO SÃO PAULO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!