Ricardo Oliveira completa 700 jogos com marcas expressivas na carreira

(Foto: Reprodução da Internet)

Ricardo Oliveira completou 700 jogos como jogador profissional nesta segunda-feira. São 18 anos de serviços prestados aos clubes e a seleção brasileira. Jogou por 10 clubes em sua carreira com uma média de 0,52 gols por partida. Além de ter conquistado 13 títulos em sua carreira até o momento. Números que mostram a qualidade do centroavante atleticano.

Ricardo Oliveira começou na Portuguesa de Desportos, ele se destacou pelo time paulista e chamou a atenção do Santos, onde desembarcou em 2003. Foi pelo time da baixada que o centroavante ganhou destaque nacional e internacional. Se firmou como atacante e ajudou a equipe a chegar a Final da Libertadores e foi vice-campeão do Brasileiro daquele ano. Chegou a artilharia da Libertadores com nove gols, este fato chamou a atenção do Valencia, que o contratou em 2003, contudo seu melhor ano no futebol espanhol aconteceu em 2004, quando atuou pelo Real Betis, marcando 26 gols pela La Liga.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

Voltou ao Brasil em 2006 para jogar pelo São Paulo por empréstimo. Se destacou pelo novo clube e foi contratado pelo Milan. O time paulista tentou prorrogar o empréstimo, pois o tricolor estava na final da Libertadores daquele ano e ele não jogaria o segundo jogo da final, no entanto, o Bétis tinha 100% dos direitos econômicos do atleta, recusando a proposta.

Ele fazia parte do elenco do time milanista que foi campeão da Champions League. Neste ano, Ronaldo saiu do Real Madrid e o clube foi atrás do Ricardo para contratá-lo, contudo a FIFA barrou a contratação alegando que ele não poderia atuar por três clubes em uma mesma temporada. Não conseguiu se destacar pelo time italiano e acabou sendo emprestado ao Zaragoza. Onde conseguiu voltar a exercer seu melhor futebol e o time espanhol acabou comprando o jogador.

Voltou ao Bétis em 2009, mas ficou apenas seis meses no clube, sendo contratado, em 17 de julho, pelo elo Al-Jazira, dos Emirados Árabes, que pagou quatorze milhões de euros ao time espanhol.

Voltou ao São Paulo em 2010 para ajudar a equipe nas semifinais da Libertadores daquele ano. Em 2011 voltou ao Al-Jazira, foi o artilheiro da Liga dos Campeões Asiáticas, com 12 gols.

O time dos Emirados Árabes liberou o jogador, e ele continuou jogando no país, agora defendendo o Al-Wasl.

Em 12 de janeiro de 2015, Ricardo Oliveira foi contratado pelo Santos. Sagrou-se o artilheiro do Paulista, consequentemente renovaram seu contrato. Foi o artilheiro do Brasileiro com 20 gols, em 2015. Ficou na equipe paulista até 2017, sempre exercendo um bom papel pelo clube da baixada.

Em 21 de dezembro de 2017, foi anunciado pelo Atlético-MG. Continua jogando bem, inclusive teve seu contrato renovado ate o final de 2020.

Conteúdo publicado originalmente no site Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!